Protestos anti-Dilma reúnem 7 mil em Palmas

Protestos contra a corrupção e pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff, que aconteceram em todo o país nesse domingo, 13, reuniram cerca de 7 mil pessoas em Palmas, segundo estimativa da Polícia Militar; organizadores estimam em 20 mil manifestantes; debaixo de chuva e com centenas de faixas e cartazes, os manifestantes saíram do Parque Cesamar até a praça dos Girassóis; nenhuma ocorrência policial foi registrada; além da Capital, também houve protestos em Paraíso, Araguaína, Gurupi, Porto Nacional, Colinas do Tocantins e Tocantinópolis

Protestos contra a corrupção e pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff, que aconteceram em todo o país nesse domingo, 13, reuniram cerca de 7 mil pessoas em Palmas, segundo estimativa da Polícia Militar; organizadores estimam em 20 mil manifestantes; debaixo de chuva e com centenas de faixas e cartazes, os manifestantes saíram do Parque Cesamar até a praça dos Girassóis; nenhuma ocorrência policial foi registrada; além da Capital, também houve protestos em Paraíso, Araguaína, Gurupi, Porto Nacional, Colinas do Tocantins e Tocantinópolis
Protestos contra a corrupção e pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff, que aconteceram em todo o país nesse domingo, 13, reuniram cerca de 7 mil pessoas em Palmas, segundo estimativa da Polícia Militar; organizadores estimam em 20 mil manifestantes; debaixo de chuva e com centenas de faixas e cartazes, os manifestantes saíram do Parque Cesamar até a praça dos Girassóis; nenhuma ocorrência policial foi registrada; além da Capital, também houve protestos em Paraíso, Araguaína, Gurupi, Porto Nacional, Colinas do Tocantins e Tocantinópolis (Foto: Aquiles Lins)

Tocantins 247 - Os protestos contra a corrupção e pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff, que aconteceram em todo o país nesse domingo, 13, reuniram cerca de 7 mil pessoas em Palmas, segundo estimativa da Polícia Militar. Os organizadores estimam em 20 mil manifestantes. 

Com centenas de faixas e cartazes, os manifestantes iniciaram o ato em Palmas por volta das 16h, do Parque Cesamar até a praça dos Girassóis. Havia três trios elétricos acompanhando os protestos.

Nenhuma ocorrência policial foi registrada. Vestidos de verde e amarelo, com cartazes que pediam "fora PT", os manifestantes gritavam palavras de ordem contra a presidente Dilma e o ex-presidente Lula. Centenas levavam consigo bonecos infláveis de Lula utilizando uniforme de presidiário, o "pixuleco".

De acordo com a organização do manifesto, participaram do protesto integrantes dos movimentos Vem Pra Rua, Aliança Nacional dos Movimentos Democráticos, Acipa, Brasil Livre, Jornal O2, Associação de Pessoas com Deficiência de Palmas e Revoltados Online. O protesto acabou às 18h.

Além da Capital, também houve protestos em Paraíso, Araguaína, Gurupi, Porto Nacional, Colinas do Tocantins e Tocantinópolis.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247