PSD fica em posição dúbia no apoio ao governador Camilo Santana

Numa atitude dúbia, o presidente do PSD anunciou a saída do bloco parlamentar de apoio ao Governador Camilo Santana, na Assembléia Legislativa, diz que vai continuar apoiando o governo, mas quer independência para emitir a opinião do partido. O líder do governo, Evandro Leitão, minimizou o assunto, mas conversou com os deputados do PSD que reafirmaram o apoio ao governo. Nos bastidores da Assembléia o comentário é que Almircy Pinto estaria insatisfeito com o atendimento de suas demandas por cargos no governo estadual. Na próxima semana o governador deverá ter uma reunião com todos deputados da base

Numa atitude dúbia, o presidente do PSD anunciou a saída do bloco parlamentar de apoio ao Governador Camilo Santana, na Assembléia Legislativa, diz que vai continuar apoiando o governo, mas quer independência para emitir a opinião do partido. O líder do governo, Evandro Leitão, minimizou o assunto, mas conversou com os deputados do PSD que reafirmaram o apoio ao governo. Nos bastidores da Assembléia o comentário é que Almircy Pinto estaria insatisfeito com o atendimento de suas demandas por cargos no governo estadual. Na próxima semana o governador deverá ter uma reunião com todos deputados da base
Numa atitude dúbia, o presidente do PSD anunciou a saída do bloco parlamentar de apoio ao Governador Camilo Santana, na Assembléia Legislativa, diz que vai continuar apoiando o governo, mas quer independência para emitir a opinião do partido. O líder do governo, Evandro Leitão, minimizou o assunto, mas conversou com os deputados do PSD que reafirmaram o apoio ao governo. Nos bastidores da Assembléia o comentário é que Almircy Pinto estaria insatisfeito com o atendimento de suas demandas por cargos no governo estadual. Na próxima semana o governador deverá ter uma reunião com todos deputados da base (Foto: Fatima 247)

Ceará 247 - O presidente do Partido Social Democrata (PSD), no Ceará, Almircy Pinto, confirmou ao Ceará 247 a saída do partido do bloco parlamentar que apoia o Governo Camilo Santana (PT), na Assembleia Legislativa. Por outro lado, afirmou a permanência do partido na base de apoio.

O PSD tem três deputados estaduais e indicou o deputado licenciado, Osmar Baquit, para a Secretaria de Agricultura, Aquicultura e Pesca. Almircy Pinto é ligado, politicamente, aos irmãos Ferreira Gomes.

Ontem à tarde, o PSD-CE enviou correspondência ao presidente da Assembleia Legislativa, deputado Zezinho Albuquerque (Pros), oficializando a saída do bloco composto por PT, PSD, Pros e SD.

Ao Ceará 247, o presidente Almircy Pinto, disse querer o partido numa posição de independência em relação ao governo estadual e também ao governo federal. “Na permanência no bloco, como estava, não poderíamos ter um posicionamento enquanto partido por ter que seguir a orientação dada pelo líder do bloco”, explicou. Segundo ele, antes da decisão, aconteceu uma reunião com os deputados do partido para tratar sobre o tema e “decidimos que para o partido é melhor ter a própria liderança, para nos deixar mais a vontade para poder demonstrar o pensamento do partido, não só em temas locais, no que diz respeito ao governo estadual, como também posicionamentos sobre questões federais”.

De acordo com o presidente da sigla, o PSD se mantém na base, mas “não achamos conveniente ficarmos presos ao bloco composto por PT, Pros e SD, já que temos condição de ser independentes. Continuaremos na base de apoio ao governo, mas com liberdade de repassar para a população, com mais clareza, o que o partido pensa e não ficar preso ao bloco, liderado por outro partido”.

Já o deputado Gony Arruda, afirmou ao Ceará 247 que continua apoiando o governador. “O PSD está saindo do bloco, mas continuo na base do governo. Eu continuarei apoiando o Camilo”.

O líder do Governo na Assembleia, Evandro Leitão (PDT), avalia a saída do PSD do bloco como um posicionamento legítimo do presidente do partido, mas que não irá ter repercussão na Casa. “Eu compreendo que é o desejo do presidente. O PSD está contemplado com uma secretaria no Governo Camilo Santana. O PSD está fazendo parte do Governo”. O pedetista já está se articulando na Casa. Segundo ele, já conversou com o deputado Gony Arruda, que confirmou que a decisão do presidente do PSD não influenciará o posicionamento dele na Casa. “Gony me confirmou que continuará ajudando o Governo”. Ainda pela manhã, Evandro Leitão reuniu também com os outros dois deputados do PSD que confirmaram a permanência no apoio ao Governo.

Segundo deputado Moisés Braz (PT), que também participou da reunião com o líder do governo, os deputados do PSD confirmaram continuar no apoio ao governo e que esta posição é do presidente do partido. Com a decisão, o PSD poderia até ficar fora da presidência da comissão de Cultura e Esporte, hoje sob o comando de Gony Arruda, salvo se o bloco que tem a prerrogativa da indicação, abrir mão do cargo.

Moisés Braz informou ainda que na próxima terça-feira, o governador Camilo Santana deverá ter uma reunião com todos os deputados que compõe a base.

 

 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247