PSD sela apoio a Pimenta da Veiga em Minas Gerais

Partido da base aliada do governo Dilma, o PSD apoiará o pré-candidato ao Palácio da Liberdade Pimenta da Veiga (PSDB); de acordo com o secretário estadual de Saúde, Alexandre Silveira, a legenda pessedista quer ficar longe do "desmanche político" no Congresso Nacional, tendo a presidente Dilma Rousseff (PT) como protagonista

Partido da base aliada do governo Dilma, o PSD apoiará o pré-candidato ao Palácio da Liberdade Pimenta da Veiga (PSDB); de acordo com o secretário estadual de Saúde, Alexandre Silveira, a legenda pessedista quer ficar longe do "desmanche político" no Congresso Nacional, tendo a presidente Dilma Rousseff (PT) como protagonista
Partido da base aliada do governo Dilma, o PSD apoiará o pré-candidato ao Palácio da Liberdade Pimenta da Veiga (PSDB); de acordo com o secretário estadual de Saúde, Alexandre Silveira, a legenda pessedista quer ficar longe do "desmanche político" no Congresso Nacional, tendo a presidente Dilma Rousseff (PT) como protagonista (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Minas 247 – Partido da base aliada do governo Dilma, o PSD apoiará o pré-candidato ao Palácio da Liberdade Pimenta da Veiga (PSDB). De acordo com o secretário estadual de Saúde, Alexandre Silveira, a legenda pessedista quer ficar longe do "desmanche político" no Congresso Nacional, tendo a presidente Dilma Rousseff (PT) como protagonista.

"Falta a ela (Dilma) diálogo com a classe política", afirmo o dirigente, em entrevista ao jornal Estado de Minas. "Tivemos tempo de fazer reuniões e decidir por unanimidade o apoio a Pimenta", acrescentou o secretário, que pode ser o suplente do atual governador de Minas, Antônio Anastasia (PSDB), pré-candidato ao Senado.

Embora o presidente nacional do PSD, o ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab, esteja negociando a continuidade do apoio da legenda à reeleição da presidente Dilma, o secretário disse que "daqui até junho muita coisa pode acontecer".

"Mas não vamos para o embate com o diretório nacional, se o partido decidir apoiar a candidatura da presidente", afirmou Silveira. O dirigente adiantou que PSD não estará em palanque duplo no estado nem para a disputa presidencial nem pelo governo mineiro. "Vamos apoiar Pimenta e o senador Aécio Neves (pré-candidato à Presidência da República)", acrescentou.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email