PT faz convenção nesta 6ª para definir candidato

A expectativa é oficializar o nome do ex-prefeito de Porto Nacional Paulo Mourão como candidato do partido no pleito que acontecerá no dia 4 de maio na Assembleia Legislativa; para os petistas, a participação nas eleições indiretas proporciona oportunidade de evidenciar as mudanças que o Tocantins precisa, destacando que o debate com a sociedade é o melhor caminho para formular e executar políticas públicas que de fato possam melhorar a vida das pessoas

A expectativa é oficializar o nome do ex-prefeito de Porto Nacional Paulo Mourão como candidato do partido no pleito que acontecerá no dia 4 de maio na Assembleia Legislativa; para os petistas, a participação nas eleições indiretas proporciona oportunidade de evidenciar as mudanças que o Tocantins precisa, destacando que o debate com a sociedade é o melhor caminho para formular e executar políticas públicas que de fato possam melhorar a vida das pessoas
A expectativa é oficializar o nome do ex-prefeito de Porto Nacional Paulo Mourão como candidato do partido no pleito que acontecerá no dia 4 de maio na Assembleia Legislativa; para os petistas, a participação nas eleições indiretas proporciona oportunidade de evidenciar as mudanças que o Tocantins precisa, destacando que o debate com a sociedade é o melhor caminho para formular e executar políticas públicas que de fato possam melhorar a vida das pessoas (Foto: Aquiles Lins)

Tocantins 247 - A Direção Executiva do PT Tocantins realiza convenção nesta sexta-feira, 25, a partir das 10h na sede do partido na quadra 110 sul em Palmas, para homologar os candidatos do partido a governador e vice-governador para concorrer às eleições indiretas na Assembleia Legislativa. A expectativa é oficializar o nome do ex-prefeito de Porto Nacional Paulo Mourão como candidato do partido no pleito que acontecerá no dia 4 de maio na Assembleia Legislativa. 

Foram convocados a participar da reunião militantes, dirigentes e simpatizantes do PT de todo o Estado para debater a conjuntura política estadual. Na oportunidade também serão debatidas as coligações com outros partidos para formação da chapa que vai disputar as eleições indiretas ao governo do Estado.

O presidente estadual do PT, Júlio César Brasil, ressalta que a renúncia do ex-governador Siqueira Campos foi um golpe a democracia no Tocantins. "O PT vai participar das eleições indiretas como protesto ao jogo de cartas marcadas que vemos na Assembleia Legislativa, não vamos nos omitir em questionar a falta de compromisso deste governo com os trabalhadores e desta postura antidemocrática de não se submeter a vontade popular" destacou Brasil.

Para os petistas a participação nas eleições indiretas proporciona oportunidade de evidenciar as mudanças que o Tocantins precisa, destacando que o debate com a sociedade é o melhor caminho para formular e executar políticas públicas que de fato possam melhorar a vida das pessoas.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247