Publicitários pernambucanos são presos em nova fase da Lava Jato

Publicitários pernambucanos André Gustavo Vieira da Silva e o irmão dele, Antônio Carlos Vieira da Silva Júnior, ligados à empresa Arcos Comunicação, foram presos nesta quinta-feira (27) pela Policia Federal no 42º desdobramento da Operação Lava Jato; André Gustavo foi preso no aeroporto ao tentar embarcar para Brasília, já Antônio Carlos foi detido em sua residência, no Recife; eles são suspeitos de atuarem como intermediários do ex-presidente do Banco do Brasil e da Petrobras Aldemir Bendine, que também foi preso pela suspeita de envolvimento no esquema investigado

Publicitários pernambucanos André Gustavo Vieira da Silva e o irmão dele, Antônio Carlos Vieira da Silva Júnior, ligados à empresa Arcos Comunicação, foram presos nesta quinta-feira (27) pela Policia Federal no 42º desdobramento da Operação Lava Jato; André Gustavo foi preso no aeroporto ao tentar embarcar para Brasília, já Antônio Carlos foi detido em sua residência, no Recife; eles são suspeitos de atuarem como intermediários do ex-presidente do Banco do Brasil e da Petrobras Aldemir Bendine, que também foi preso pela suspeita de envolvimento no esquema investigado
Publicitários pernambucanos André Gustavo Vieira da Silva e o irmão dele, Antônio Carlos Vieira da Silva Júnior, ligados à empresa Arcos Comunicação, foram presos nesta quinta-feira (27) pela Policia Federal no 42º desdobramento da Operação Lava Jato; André Gustavo foi preso no aeroporto ao tentar embarcar para Brasília, já Antônio Carlos foi detido em sua residência, no Recife; eles são suspeitos de atuarem como intermediários do ex-presidente do Banco do Brasil e da Petrobras Aldemir Bendine, que também foi preso pela suspeita de envolvimento no esquema investigado (Foto: Paulo Emílio)

Pernambuco 247 - Os publicitários pernambucanos André Gustavo Vieira da Silva e o irmão dele, Antônio Carlos Vieira da Silva Júnior, ligados à empresa Arcos Comunicação, foram presos nesta quinta-feira (27) pela Policia Federal no 42º desdobramento da Operação Lava Jato.

André Gustavo foi preso no aeroporto ao tentar embarcar para Brasília, já Antônio Carlos foi detido em sua residência, no Recife. Além deles, o ex-presidente do Banco do Brasil e da Petrobras Aldemir Bendine também foi preso pela suspeita de envolvimento no esquema investigado pela lava Jato.

Ao todo, a PF está cumprindo 11 mandados de busca e apreensão e três mandados de prisão temporária, sendo quatro deles em Pernambuco. A operação também acontece nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e no Distrito Federal.

De acordo com os investigadores, os publicitários pernambucanos seriam operadores do esquema e teriam atuado na intermediação do pagamento de propina por parte da Odebrecht Ambiental a Bendine.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247