Radar: Paulinho adere a Lula 2018. Ele diz que ainda é cedo

Embora tenha apoiado o golpe contra a presidente Dilma Rousseff, em 2016, o deputado Paulinho da Força (SD-SP) teria decidido apoiar a candidatura presidencial do ex-presidente Lula, segundo a coluna Radar; seria a primeira vez que ele declararia apoio a Lula numa disputa presidencial; ao 247, no entanto, o parlamentar afirmou que o tema ainda não entrou em discussão no Solidariedade

Embora tenha apoiado o golpe contra a presidente Dilma Rousseff, em 2016, o deputado Paulinho da Força (SD-SP) teria decidido apoiar a candidatura presidencial do ex-presidente Lula, segundo a coluna Radar; seria a primeira vez que ele declararia apoio a Lula numa disputa presidencial; ao 247, no entanto, o parlamentar afirmou que o tema ainda não entrou em discussão no Solidariedade
Embora tenha apoiado o golpe contra a presidente Dilma Rousseff, em 2016, o deputado Paulinho da Força (SD-SP) teria decidido apoiar a candidatura presidencial do ex-presidente Lula, segundo a coluna Radar; seria a primeira vez que ele declararia apoio a Lula numa disputa presidencial; ao 247, no entanto, o parlamentar afirmou que o tema ainda não entrou em discussão no Solidariedade (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Embora tenha apoiado o golpe contra a presidente Dilma Rousseff, em 2016, o deputado Paulinho da Força (SD-SP) teria decidido apoiar a candidatura presidencial do ex-presidente Lula, segundo a coluna Radar.

Seria a primeira vez que ele declararia apoio a Lula numa disputa presidencial.

No entanto, ao 247, ele negou que já tenha tomado uma decisão. O parlamentar, que também preside o Solidariedade, diz que a sucessão de 2018 não entrou na pauta da legenda e que é cedo para qualquer decisão.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247