RC recebe representantes do Banco de Desenvolvimento da América Latina

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) apresentou os potenciais de Fortaleza para representantes do Banco de Desenvolvimento da América Latina, em encontro nesta segunda (26), no Paço Municipal. A instituição será a responsável por financiar R$ 250 milhões para uma série de ações do programa Fortaleza Cidade com Futuro. "É muito importante para Fortaleza ter essa parceria com o CAF. Se todos os trâmites acontecerem sem problemas, podemos assinar o financiamento durante o Seminário de Inovação em Políticas Públicas para as cidades que acontecerá em março”, destacou RC

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) apresentou os potenciais de Fortaleza para representantes do Banco de Desenvolvimento da América Latina, em encontro nesta segunda (26), no Paço Municipal. A instituição será a responsável por financiar R$ 250 milhões para uma série de ações do programa Fortaleza Cidade com Futuro. "É muito importante para Fortaleza ter essa parceria com o CAF. Se todos os trâmites acontecerem sem problemas, podemos assinar o financiamento durante o Seminário de Inovação em Políticas Públicas para as cidades que acontecerá em março”, destacou RC
O prefeito Roberto Cláudio (PDT) apresentou os potenciais de Fortaleza para representantes do Banco de Desenvolvimento da América Latina, em encontro nesta segunda (26), no Paço Municipal. A instituição será a responsável por financiar R$ 250 milhões para uma série de ações do programa Fortaleza Cidade com Futuro. "É muito importante para Fortaleza ter essa parceria com o CAF. Se todos os trâmites acontecerem sem problemas, podemos assinar o financiamento durante o Seminário de Inovação em Políticas Públicas para as cidades que acontecerá em março”, destacou RC (Foto: Rodrigo Rocha)

Ceará 247 - O prefeito Roberto Cláudio (PDT) recebeu nesta segunda-feira (26), no Paço Municipal, o novo diretor representante do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) no Brasil, Jaime Holguin, e o executivo sênior da Instituição José Rafael Neto.

Acompanhado de secretários municipais, o Prefeito apresentou Fortaleza e seus potenciais, dando destaque ao Programa Fortaleza Cidade com Futuro. O financiamento do Programa pelo CAF, no valor de R$ 250 milhões, já foi aprovado pelo Senado Federal para obras de infraestrutura e urbanismo na capital cearense. "É imprescindível conhecer os detalhes do Programa e saber que todo o secretariado está empenhado em fazer com que ele dê certo. Temos total interesse em colaborar e fazer os ajustes necessários para melhorar a vida da população e o Turismo da Cidade”, afirmou o diretor da CAF no Brasil, Jaime Holguin.

Os recursos serão investidos para concluir as obras de construção da nova Avenida Beira-Mar, implantar o Polo Gastronômico da Varjota e investir nas ações do Plano Municipal de Proteção Comunitária. A expectativa é que o contrato de financiamento com a CAF seja assinado no mês de março. "É muito importante para Fortaleza ter essa parceria com o CAF. Se todos os trâmites acontecerem sem problemas, podemos assinar o financiamento durante o Seminário de Inovação em Políticas Públicas para as cidades que acontecerá em março”, destacou o gestor.

As obras do Polo Gastronômico da Varjota incluem padronização de calçada e postes, novo piso intertravado, passagem de nível, nova iluminação, fechamento de algumas vias e ordenamento do trânsito, com áreas de embarque, desembarque e acessibilidade. As principais ruas da região, Ana Bilhar e Frederico Borges, que concentram boa parte dos estabelecimentos da área, serão remodeladas e darão prioridade para pedestres e ciclistas.

Já o projeto Beira-Mar de todos, que vai requalificar a orla, inclui também um novo aterro para a Praia de Iracema e a ampliação de um trecho de faixa da praia já existente (engorda). Com os recursos, a Prefeitura também vai implantar quiosques, três pavilhões multi-uso, pista de cooper, espaços de convivência, instalação de roda gigante com uso de energia autossuficiente, entre outras intervenções.

O Plano Municipal de Proteção Urbana também será contemplado com o financiamento. A primeira célula comunitária foi inaugurada no Jangurussu e outras cinco serão implementadas nos bairros das Goiabeiras, Canindezinho, Dendê e Vila Velha. Até o fim desta gestão, 30 torres devem ser implementadas na Capital na prevenção da violência, aliando políticas públicas municipais, como educação, assistência social, trabalho, cultura e esporte, além do reforço à política de vigilância, com o patrulhamento de ruas e espaços públicos.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247