Rejeição a Neymar dobrou durante a Copa

A popularidade de Neymar enquanto influenciador digital sofreu um severo abalo durante a Copa do Mundo da Russia; pesquisa global realizada pela Kantar Sports mostra que o atacante da seleção brasileira foi assunto em mais de 25 milhões de postagens nas redes sociais, somando Facebook, Twitter, Instagram e YouTube, superando Messi (20 milhões) e Cristiano Ronaldo (17 milhões); o detalhe é que, no caso de Neymar, a maioria das publicações tinha conteúdo negativo

Rejeição a Neymar dobrou durante a Copa
Rejeição a Neymar dobrou durante a Copa (Foto: REUTERS/Murad Sezer)

247 - A popularidade de Neymar enquanto influenciador digital sofreu um severo abalo durante a Copa do Mundo da Russia. Pesquisa global realizada pela Kantar Sports mostra que o atacante da seleção brasileira foi assunto em mais de 25 milhões de postagens nas redes sociais, somando Facebook, Twitter, Instagram e YouTube, superando Messi (20 milhões) e Cristiano Ronaldo (17 milhões). O problema é que, no caso de Neymar, a maioria das publicações tinha conteúdo negativo.

"O estudo analisou publicações entre 1º de junho, duas semanas antes da abertura da Copa da Rússia, e 18 de julho, três dias após a final. Na véspera da estreia do Brasil, diante da Suíça, Neymar tinha 28% de citações negativas nas mídias sociais, mas o índice mais que dobrou a partir do primeiro jogo (61%) e chegou ao ápice (68%) até o dia seguinte à eliminação no torneio, para a Bélgica, nas quartas de final. Até entrar em campo, o camisa 10 da seleção recebia mais comentários neutros (51%) do que depreciativos. Os elogios, antes englobados em 21% das postagens, despencaram para 1% no período de medição. De modo geral, a cada cem comentários sobre Neymar nas redes sociais após a derrota para os belgas, apenas um era positivo.

Em artigo vinculado à pesquisa, publicada nesta terça-feira (24), o diretor do Ibope Repucom, José Colagrossi, explica que, "em média, mais de 90% deste volume total de comentários negativos são piadas e memes, e foram classificados como negativos pela possibilidade de impacto em sua imagem devido à sua conduta em campo (tema discutido em todos os países analisados) e não por sua qualidade técnica". As redes sociais, então, foram o reflexo da antipatia que Neymar gerou entre fãs e opinião pública por conta das reações exageradas em campo diante da marcação dos adversários. Ídolos do futebol, como o alemão Lothar Matthaus, o inglês Gary Lineker e o francês Eric Cantona, engrossaram o coro no rótulo de cai-cai que impregnou no astro do Paris Saint-Germain durante e após a Copa."

Leia mais aqui. 

 

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247