Renato Roseno: "A vitória da canalhice será temporária"

O deputado Renato Roseno (PSOL) fez um duro pronunciamento classificando como "canalhas"os deputados federais que votaram ontem, na Câmara Federal, em favor de Temer e como "covardes" os dois deputados que não compareceram para votar. Na tumultuada sessão de ontem, que arquivou a denúncia de corrupção conta Michel Temer, nove deputados federais cearenses votaram em apoio à corrupção, arquivando a denúncia da Procuradoria Geral da República e impedindo que o Supremo Tribunal Federal pudesse fazer o julgamento do presidente, denunciado por corrupção  

O deputado Renato Roseno (PSOL) fez um duro pronunciamento classificando como "canalhas"os deputados federais que votaram ontem, na Câmara Federal, em favor de Temer e como "covardes" os dois deputados que não compareceram para votar. Na tumultuada sessão de ontem, que arquivou a denúncia de corrupção conta Michel Temer, nove deputados federais cearenses votaram em apoio à corrupção, arquivando a denúncia da Procuradoria Geral da República e impedindo que o Supremo Tribunal Federal pudesse fazer o julgamento do presidente, denunciado por corrupção
 
O deputado Renato Roseno (PSOL) fez um duro pronunciamento classificando como "canalhas"os deputados federais que votaram ontem, na Câmara Federal, em favor de Temer e como "covardes" os dois deputados que não compareceram para votar. Na tumultuada sessão de ontem, que arquivou a denúncia de corrupção conta Michel Temer, nove deputados federais cearenses votaram em apoio à corrupção, arquivando a denúncia da Procuradoria Geral da República e impedindo que o Supremo Tribunal Federal pudesse fazer o julgamento do presidente, denunciado por corrupção   (Foto: Fatima 247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Ceará 247 - A votação de ontem, na Câmara Federal, que arquivou a denúncia de corrupção conta Michel Temer foi tema hoje de vários pronunciamentos na Assembleia Legislativa. O deputado Renato Roseno (PSOL) fez um duro pronunciamento classificando como "canalhas"os deputados federais que votaram em favor de Temer e como "covardes" os dois deputados que não compareceram para votar. Em sua fala, o deputado psolista denunciou ainda que a Câmara Federal virou um "comitê de negócios".

Para Roseno, uma parcela da Câmara representa uma associação dos políticos profissionais que se agarram às benesses do Estado. Alertou ainda que é esse mesmo congresso o que fará uma "reforma política contra o povo brasileiro, uma reforma da previdência contra o povo. É um congresso do governo, antipopular, anti povo".

O deputado afirmou ainda sua descrença nas representações institucionais e sua esperança na organização do povo. "Não há esperança naquelas instituições que estão em Brasília. Só há esperança na auto organização do povo".

Antes de encerrar seu pronunciamento com um "Fora Temer", Roseno afirmou que apesar de podermos estar, nesse momento, desesperançados, a hora não é de se deixar abater e fez um resgate histórico das várias lutas contra a opressão e por uma outra sociedade, que aconteceram em diferentes momentos da história brasileira. "A história nos ensina que homens e mulheres que nos precederam estiveram em luta piores e mantiveram a tenacidade. Eu queria me inspirar naqueles que me precederam na história. Para continuar na luta. O momento não é de silenciar. É de lutar, de gritar. Fora Temer"!

 

 

 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247