Revoltado, Aécio prevê queda de Dilma e desmoralização da Agenda Brasil

Para ele, a proposta do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB) é um castelo de cartas: “Daqui a duas semanas essa agenda vai estar desmoralizada”, proclama; diz ainda que o governo Dilma acabou e a presidente não concluirá o mandato; segundo o jornalista Ilimar Franco, a Agenda de Renan desarmou o golpismo de Aécio: “tucanos não têm como dizer não à agenda, que interessa ao setor produtivo; se o fizerem, ficarão marcados como um grupo político que coloca seus interesses pessoais acima dos interesses do País”

Para ele, a proposta do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB) é um castelo de cartas: “Daqui a duas semanas essa agenda vai estar desmoralizada”, proclama; diz ainda que o governo Dilma acabou e a presidente não concluirá o mandato; segundo o jornalista Ilimar Franco, a Agenda de Renan desarmou o golpismo de Aécio: “tucanos não têm como dizer não à agenda, que interessa ao setor produtivo; se o fizerem, ficarão marcados como um grupo político que coloca seus interesses pessoais acima dos interesses do País”
Para ele, a proposta do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB) é um castelo de cartas: “Daqui a duas semanas essa agenda vai estar desmoralizada”, proclama; diz ainda que o governo Dilma acabou e a presidente não concluirá o mandato; segundo o jornalista Ilimar Franco, a Agenda de Renan desarmou o golpismo de Aécio: “tucanos não têm como dizer não à agenda, que interessa ao setor produtivo; se o fizerem, ficarão marcados como um grupo político que coloca seus interesses pessoais acima dos interesses do País” (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Insatisfeito com setores da oposição, o senador Aécio Neves (PSDB) se revolta contra o governo e a Agenda Brasil.

A proposta do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), segundo ele, é um castelo de cartas: “Daqui a duas semanas essa agenda vai estar desmoralizada”, proclama, segundo nota do jornalista Ilimar Franco. Ele diz ainda que o governo Dilma acabou e a presidente não concluirá o mandato.

Nesta quinta-feira, Ilimar sinalizou que a Agenda de Renan desarmou o golpismo de Aécio: “tucanos não têm como dizer não à agenda, que interessa ao setor produtivo; se o fizerem, ficarão marcados como um grupo político que coloca seus interesses pessoais acima dos interesses do País” (leia mais).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email