Roteiro do golpe prevê “novo” STF e privatizações

 O deputado federal Paulo Pimenta (PT/RS) publica nesta sexta-feira (25) em seu Twitter o roteiro do golpe que está em curso no país; segundo ele, a articulação entre mídia, setores do Judiciário, grandes empresários e oposição não se limita a tirar o PT do poder, mas inclui mudanças nas leis trabalhistas, privatizações, ampliação do número de integrantes do Supremo, enfraquecimento da operação Lava Jato, alteração nas funções do MPF e PF, fim da participação dos estrangeiros no programa Mais Médicos e retorno do financiamento privado das campanhas eleitorais; "Nos nomes cogitados para o 'novo' STF, estão o próprio Temer, e as demais indicações seriam de Aécio, Cunha e a OAB recebendo seu quinhão", diz o parlamentar

 O deputado federal Paulo Pimenta (PT/RS) publica nesta sexta-feira (25) em seu Twitter o roteiro do golpe que está em curso no país; segundo ele, a articulação entre mídia, setores do Judiciário, grandes empresários e oposição não se limita a tirar o PT do poder, mas inclui mudanças nas leis trabalhistas, privatizações, ampliação do número de integrantes do Supremo, enfraquecimento da operação Lava Jato, alteração nas funções do MPF e PF, fim da participação dos estrangeiros no programa Mais Médicos e retorno do financiamento privado das campanhas eleitorais; "Nos nomes cogitados para o 'novo' STF, estão o próprio Temer, e as demais indicações seriam de Aécio, Cunha e a OAB recebendo seu quinhão", diz o parlamentar
 O deputado federal Paulo Pimenta (PT/RS) publica nesta sexta-feira (25) em seu Twitter o roteiro do golpe que está em curso no país; segundo ele, a articulação entre mídia, setores do Judiciário, grandes empresários e oposição não se limita a tirar o PT do poder, mas inclui mudanças nas leis trabalhistas, privatizações, ampliação do número de integrantes do Supremo, enfraquecimento da operação Lava Jato, alteração nas funções do MPF e PF, fim da participação dos estrangeiros no programa Mais Médicos e retorno do financiamento privado das campanhas eleitorais; "Nos nomes cogitados para o 'novo' STF, estão o próprio Temer, e as demais indicações seriam de Aécio, Cunha e a OAB recebendo seu quinhão", diz o parlamentar (Foto: Valter Lima)

247 - O deputado federal Paulo Pimenta (PT/RS) publica nesta sexta-feira (25) em seu Twitter o roteiro do golpe que está em curso no país. Segundo ele, a articulação entre mídia, setores do Judiciário, grandes empresários e oposição não se limita a tirar o PT do poder, mas inclui mudanças nas leis trabalhistas, privatizações, ampliação do número de integrantes do Supremo, enfraquecimento da operação Lava Jato, alteração nas funções do MPF e PF, fim da participação dos estrangeiros no programa Mais Médicos e retorno do financiamento privado das campanhas eleitorais.

Veja:

1 - O Golpe midiático jurídico com farto apoio empresarial tem objetivos q vão além de tirar o PT do poder e impedi-lo de ter a força q tem

2- os compromissos assumidos pelos golpistas, envolvem profundas mudanças nas legislações trabalhistas e previdenciárias p/ retirar direitos

3- ampliação de privatizações, incluindo CEF, BB, Universidades e o alvo principal Petrobras é uma das exigências dos financiadores do golpe

4- uma novidade q ganha força entre os golpistas é a ampliação p/ 15 dos integrantes do STF com a imediata indicação do novos Ministros

5- ponto pacífico entre os golpistas é a exigência q a Lava Jato suba para o STF após a consolidação do golpe contra Dilma e o PT

6- Moro com o vazamento da lista odebrecht garantiu seu protagonismo junto aos golpistas frente a perda de influência com decisão de Teori

7- CPI contra os movimentos sociais é aposta mais forte dos golpistas p/ criminalização das lideranças populares e reduzir suas influências

8- Alterações q envolvem MPF e PF estão tb no pacote de maldades.Já a Globo quer somente a renovação das concessões, algumas vencem em 2018

9- naturalmente p/ os golpistas, após afastar Dilma e criminalizar Lula e o PT a Vaza Jato, já no novo STF ñ teria mais sentido

10 - e p/ o bem e pacificação nacional será concluída, salvando os incautos envolvidos e perdoando a todos q desejam um novo Brasil, sem PT

11- nos nomes cogitados p o 'novo' STF, estão o próprio Temer, e as demais indicações seriam de Aécio, Cunha e a OAB recebendo seu quinhão

12- alguns pontos completares dos golpistas: o fim da possibilidades de estrangeiros no mais médicos e a PEC da demarcação d áreas indígenas

13 - por fim a cereja do bolo: o retorno do financiamento privado das campanhas, o 'argumento' mais forte utilizado pelos golpistas

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247