Secretário debate orçamento na Assembleia

O secretário de Estado do Planejamento, Antonio Neto, retorna à Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira (16) para discussão com os deputados do Projeto de Lei Orçamentária 2017; apresentação é parte do calendário de discussão; Orçamento Geral do Estado tem previsão de receitas da ordem de R$ 9.257.335.807,00, sendo que aos 30 deputados caberá um total de R$ 40.336.629,00 de emendas, o que dá á R$ 1.344.554,00 de emendas individuais impositivas

O secretário de Estado do Planejamento, Antonio Neto, retorna à Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira (16) para discussão com os deputados do Projeto de Lei Orçamentária 2017; apresentação é parte do calendário de discussão; Orçamento Geral do Estado tem previsão de receitas da ordem de R$ 9.257.335.807,00, sendo que aos 30 deputados caberá um total de R$ 40.336.629,00 de emendas, o que dá á R$ 1.344.554,00 de emendas individuais impositivas
O secretário de Estado do Planejamento, Antonio Neto, retorna à Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira (16) para discussão com os deputados do Projeto de Lei Orçamentária 2017; apresentação é parte do calendário de discussão; Orçamento Geral do Estado tem previsão de receitas da ordem de R$ 9.257.335.807,00, sendo que aos 30 deputados caberá um total de R$ 40.336.629,00 de emendas, o que dá á R$ 1.344.554,00 de emendas individuais impositivas (Foto: Voney Malta)

Por Piauí Hoje - Nesta quarta-feira (16), o secretário de Estado do Planejamento, Antonio Neto, retorna à Assembleia Legislativa para discussão com os deputados, em plenário, do Projeto de Lei Orçamentária 2017. A deputada Flora Izabel (PT), relatora do Orçamento e presidente da Comissão de Fiscalização e Controle, Finanças e Tributação, vai presidir o Grande Expediente da sessão.

Na semana passada, Antonio Neto prqaticipou de audiência pública na sala da CCJ, que estava lotada. Presentes representantes de todos os Poderes, além do Ministério Público, Defensoria Pública e Tribunal de Contas do Estado.

A apresentação do projeto pelo secretário é parte do calendário de discussão do PLOA 2017. A relatora fixou em 24 de novembro, o prazo final para apresentação de emendas pelos deputados. O Orçamento Geral do Estado tem previsão de receitas da ordem de R$ 9.257.335.807,00, sendo que aos 30 deputados caberá um total de R$ 40.336.629,00 de emendas. Cada um vai poder propor R$ 1.344.554,00 de emendas individuais impositivas.

Após a apresentação de emendas, o Orçamento será votado na Comissão de Fiscalização e Controle, Finanças e Tributação, que tem a segyuinte cvomposição (titulares com respectivos suplentes): Flkora IZabel (PT, presidente) - Wilson Brandão (PSB, vice-presidente) - Gustavo Neiva (PSB), Antonio Félix (PSD) - Dr. Pessoa (PSD), Dr. Hélio (PR) - Evaldo Gomes (PTC), Firmino Paulo (PSDB) – Luciano Nunes (PSDB), João Mádison (PMDB) - Juliana Falcão (PMDB) e José Hamilton (PTB) – Liziê Coelho (PTB).

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247