“Segundo voto” de Marx Beltrão pode ser decisivo para o Senado

O ex-ministro do Turismo Marx Beltrão (PSD) está às voltas com a composição da chapa de deputado federal; mas, antes dessa definição ele deve cair em campo para trabalhar o segundo voto para o Senado; Marx já avisou que marchará com o senador Renan Calheiros (MDB) e a tendência é que também apoio pré-candidato ao Senado Maurício Quintella (PR), o que pode ser decisivo, diz o jornalista Edivaldo Junior

“Segundo voto” de Marx Beltrão pode ser decisivo para o Senado
“Segundo voto” de Marx Beltrão pode ser decisivo para o Senado

Por Edivaldo Junior/gazetaweb.com - O ex-ministro do Turismo, Marx Beltrão (PSD) está às voltas agora com a composição da chapa de deputado federal. Tudo indica que ele sairá numa coligação que pode reunir, entre outros partidos, o MDB (Isnaldo Bulhões JR), o PR (Sérgio Toledo), o PRB (Severino Pessoa), o Avante (Carimbão), o PDT (Ronaldo Lessa e Marcelo Tadeu) e o PT (Paulão).

A costura da chapa de federal no grupo do governo é complicada e só deve ser concluída lá pro dia 5 de agosto, data em que os partidos da base de Renan Filho (MDB) vão realizar suas convenções.

Antes disso, Marx Beltrão deve cair em campo para trabalhar o segundo voto para o Senado.

Ele já avisou que marchará com o governador Renan Filho e com o senador Renan Calheiros (MDB).

O outro voto de senador deve ser mesmo de Maurício Quintella (PR). Os dois foram deputados e ministros juntos e mantém relação próxima.

O voto de Marx Beltrão neste caso específico pode sim ser decisivo. Isso porque Marx Beltrão enquanto pré-candidato ao Senado tinha o apoio de cerca de 20 prefeitos no “segundo voto”, que ele pode e deve transferir para o candidato que for apoiar. São prefeitos e lideranças não só da região sul, onde ele tem base política mais consolidada, mas também de outras regiões, a exemplo do agreste, sertão e zona da mata.

A definição do apoio a Quintella, pelo que se sabe, já teria sido tomada. Os dois, no entanto, parecem preferir esperar mais um pouco para anunciar a decisão. Antes querem conversar com cada um das lideranças, para que o processo seja o mais “natural” possível

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247