Senador acredita no apoio das ruas contra medidas antipopulares do governo

Em entrevista à Rádio Senado, o líder do PT no Senado, o senador Humberto Costa (PT-PE), afirmou acreditar que a oposição deverá ganhar o apoio da sociedade contra o que chamou de “projetos antipopulares”, entre eles a reforma trabalhista e a reforma da previdência 

Em entrevista à Rádio Senado, o líder do PT no Senado, o senador Humberto Costa (PT-PE), afirmou acreditar que a oposição deverá ganhar o apoio da sociedade contra o que chamou de “projetos antipopulares”, entre eles a reforma trabalhista e a reforma da previdência 
Em entrevista à Rádio Senado, o líder do PT no Senado, o senador Humberto Costa (PT-PE), afirmou acreditar que a oposição deverá ganhar o apoio da sociedade contra o que chamou de “projetos antipopulares”, entre eles a reforma trabalhista e a reforma da previdência  (Foto: Fatima 247)

Em entrevista ao Senado em Revista, da Rádio Senado, o líder do PT no Senado, o senador Humberto Costa (PT-PE), afirmou acreditar que a oposição deverá ganhar o apoio da sociedade contra o que chamou de “projetos antipopulares” e que a bancada de oposição usará todos os mecanismos regimentais para impedir a votação de medidas provisórias que vão contra os interesses da população.

"As matérias que virão para votação são fortemente antipopulares, reforma trabalhista, reforma da previdência, e a tendência é que as coisas sejam bastante diferentes para o governo, porque além de nossa pequena bancada nós teremos a mobilização das ruas dos movimentos, e sem dúvida isso terá uma repercussão importante afirmou o senador.

Humberto Costa também falou sobre as estratégias da oposição para barrar as matérias. "Sempre que houver a possibilidade de aprovação de medidas que vão contra os interesses da população nós vamos sim fazer uma oposição cerrada, vamos fazer o enfrentamento, nós vamos utilizar os mecanismos regimentais para fazer esse enfrentamento, de modo que eu acredito que haverá muitas situações em que essa disputa vai se fazer".

Ouça a íntegra da entrevista da Rádio Senado

 

 

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247