Serena Williams é escolhida Esportista do Ano por revista

"Serena se impôs não somente como a maior tenista de sua geração, mas de todos os tempos, e após a sequência de apresentações que fez em 2015 é uma das atletas mais impotentes em atuação hoje", afirmou Paul Fichtenbaum, editor de grupo da Sports Illustrated

"Serena se impôs não somente como a maior tenista de sua geração, mas de todos os tempos, e após a sequência de apresentações que fez em 2015 é uma das atletas mais impotentes em atuação hoje", afirmou Paul Fichtenbaum, editor de grupo da Sports Illustrated
"Serena se impôs não somente como a maior tenista de sua geração, mas de todos os tempos, e após a sequência de apresentações que fez em 2015 é uma das atletas mais impotentes em atuação hoje", afirmou Paul Fichtenbaum, editor de grupo da Sports Illustrated (Foto: Luis Mauro Queiroz)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

NOVA YORK (Reuters) - A tenista norte-americana Serena Williams, que conquistou os quatro títulos de Grand Slam pela segunda vez e venceu 53 de suas 56 partidas em 2015, foi eleita Esportista do Ano pela revista Sports Illustrated nesta segunda-feira.

A esportista de 34 anos conquistou seu segundo 'Serena Slam' mesmo lutando com uma série de contusões e mostrando um dos melhores desempenhos de uma tenista em fim de carreira em toda a história do esporte, disse a publicação, saudando-a como um "ícone global".

"Serena se impôs não somente como a maior tenista de sua geração, mas de todos os tempos, e após a sequência de apresentações que fez em 2015 é uma das atletas mais impotentes em atuação hoje", afirmou Paul Fichtenbaum, editor de grupo da Sports Illustrated.

Serena foi a primeira do mundo durante todas as semanas pelo segundo ano consecutivo, e suas três conquistas sucessivas de Grand Slams no início do ano a deixaram somente um campeonato atrás do recorde de 22 títulos de simples conquistado por Steffi Graf na era profissional.

"Este ano foi espetacular", afirmou Serena em um comunicado. "O fato de a Sports Illustrated reconhecer meus esforços, minha dedicação e minha determinação absoluta com este prêmio me dá esperança de continuar e fazer melhor", disse.

A tenista é a primeira mulher a ser homenageada individualmente desde Mary Decker em 1983, e a revista aproveitou a oportunidade para rebatizar a honraria como Esportista do Ano –sem distinção de gênero, como antes.

A publicação também apontou Serena como uma potência fora das quadras, já que ela usa seu amplo alcance para postular a justiça racial, a igualdade de gênero e o acesso igualitário à educação em todo o mundo.

Serena passa a fazer parte de um grupo seleto de premiados, que inclui Muhammad Ali (1974), Arthur Ashe (1992), LeBron James (2012), Michael Jordan (1991), Billie Jean King (1972), Joe Montana (1990) e Jack Nicklaus (1978).

       (Por Larry Fine em Nova York)

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email