Servidores municipais encerram greve que durou um mês

Os servidores municipais de Salvador decidiram nesta sexta-feira encerrar a greve que teve início em 15 de março; depois de um mês de negociação com o governo municipal, a diretoria do Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Salvador (Sindseps) trouxe a nova proposta conseguida na Mesa de Negociações e a categoria aceitou os termos do acordo que garante itens como o desbloqueio imediato dos salários retidos desde o dia 7 de abril; "Nossa comemoração não é pelo acordo feito, mas pela resistência guerreira dos servidores municipais", disse Everaldo Braga, diretor do Sindseps

Os servidores municipais de Salvador decidiram nesta sexta-feira encerrar a greve que teve início em 15 de março; depois de um mês de negociação com o governo municipal, a diretoria do Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Salvador (Sindseps) trouxe a nova proposta conseguida na Mesa de Negociações e a categoria aceitou os termos do acordo que garante itens como o desbloqueio imediato dos salários retidos desde o dia 7 de abril; "Nossa comemoração não é pelo acordo feito, mas pela resistência guerreira dos servidores municipais", disse Everaldo Braga, diretor do Sindseps
Os servidores municipais de Salvador decidiram nesta sexta-feira encerrar a greve que teve início em 15 de março; depois de um mês de negociação com o governo municipal, a diretoria do Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Salvador (Sindseps) trouxe a nova proposta conseguida na Mesa de Negociações e a categoria aceitou os termos do acordo que garante itens como o desbloqueio imediato dos salários retidos desde o dia 7 de abril; "Nossa comemoração não é pelo acordo feito, mas pela resistência guerreira dos servidores municipais", disse Everaldo Braga, diretor do Sindseps (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - Os servidores municipais de Salvador decidiram nesta sexta-feira (15) encerrar a greve que teve início em 15 de março. Decisão foi tomada em assembleia da categoria na quadra de esportes do Ginásio de Esportes dos Bancários.

Depois de um mês de negociação com a Secretaria Municipal de Gestão (Semge), a diretoria do Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Salvador (Sindseps) trouxe a nova proposta conseguida na Mesa de Negociações e a categoria aceitou os termos do acordo que garante itens como o desbloqueio imediato dos salários retidos desde o dia 7 de abril.

O diretor do Sindseps, Everaldo Braga apontou o "triunfo dos trabalhadores" que permaneceram mobilizados e resistentes durante todo o período.

"Nossa comemoração não é pelo acordo feito, mas pela resistência guerreira dos servidores municipais. Estivemos firmes para garantir o direito de greve da nossa categoria, pois somente com luta conseguimos obter conquistas. Tudo que trouxemos no acordo agora aprovado pelos colegas foi fruto da persistência e da crença de que somos combativos e devemos continuar sempre lutando", disse Braga.

O sindicato se comprometeu pelo retorno imediato ao trabalho por parte dos servidores que estavam com as atividades paralisadas, bem como a não iniciar uma nova greve, no caso da impossibilidade de a prefeitura conceder algum tipo de correção salarial em virtude do baixo desempenho real da arrecadação.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247