Sindicatos exigem que pagamento da data-base seja integral

Sindicatos de diversas categorias dos servidores do Executivo do Tocantins protocolaram ofício na Secretaria Estadual de Administração no qual cobram à implementação integral e imediata do índice de 3,9% da data-base 2017; eles também exigem os passivos gerados pelo atraso no pagamento das datas-bases dos anos de 2015, 2016 e 2017; sindicatos reivindicam, ainda, progressões funcionais; antes, através da Administração, o governo havia alegado não ter como pagar a data-base este ano e que estaria estudando o implemento integral da revisão para janeiro de 2018

Sindicatos de diversas categorias dos servidores do Executivo do Tocantins protocolaram ofício na Secretaria Estadual de Administração no qual cobram à implementação integral e imediata do índice de 3,9% da data-base 2017; eles também exigem os passivos gerados pelo atraso no pagamento das datas-bases dos anos de 2015, 2016 e 2017; sindicatos reivindicam, ainda, progressões funcionais; antes, através da Administração, o governo havia alegado não ter como pagar a data-base este ano e que estaria estudando o implemento integral da revisão para janeiro de 2018
Sindicatos de diversas categorias dos servidores do Executivo do Tocantins protocolaram ofício na Secretaria Estadual de Administração no qual cobram à implementação integral e imediata do índice de 3,9% da data-base 2017; eles também exigem os passivos gerados pelo atraso no pagamento das datas-bases dos anos de 2015, 2016 e 2017; sindicatos reivindicam, ainda, progressões funcionais; antes, através da Administração, o governo havia alegado não ter como pagar a data-base este ano e que estaria estudando o implemento integral da revisão para janeiro de 2018 (Foto: Voney Malta)

Tocantins 247 – Os sindicatos que representam diversas categorias dos servidores do Executivo do Tocantins protocolaram, nesta sexta-feira (16), um ofício na Secretaria de  Administração no qual cobram à implementação integral e imediata do índice de 3,9% da data-base 2017.

Os representantes dos servidores também cobram os passivos gerados pelo atraso no pagamento das datas-bases dos anos de 2015, 2016 e 2017. Ofício dos sindicatos é uma reação ao ofício a Administração que alega não ter como pagar a data-base este ano e que estaria estudando o implemento integral da revisão para janeiro de 2018.

Ainda no ofício, as entidades sindicais exigem a implementação das progressões funcionais conforme as situações específicas de cada categoria.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247