TAM apresenta estudo para viabilização do HUB

De acordo com os dados do estudo, foi estimado que o HUB movimente, a partir de 2018, 2 milhões de passageiros adicionais por ano, em 24 aeronaves operadas diariamente em simultâneo (entre 2.500 e 3.000 passageiros na hora-pico). Segundo o secretário de Turismo do Ceará, Arialdo Pinho, foram apontados diversos pontos positivos e alguns gargalos que ainda precisam ser resolvidos para se alcançar a estrutura ideal para receber o empreendimento. As princiais recomendações do estudo para viabilizar o Hub no aeroporto Pinto Martins são a ampliação do atual terminal de passageiros e a contrução de um novo pier

TAM apresenta estudo para viabilização do HUB
TAM apresenta estudo para viabilização do HUB
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Os secretários André Facó (Infraestrutura) e Arialdo Pinho (Turismo) se reuniram nesta quinta-feira (15), em Brasília, com representantes do grupo Latam e com autoridades da Secretaria de Aviação Civil (SAC) e da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). No encontro, foi apresentada a análise da infraestrutura dos aeroportos de Fortaleza, Recife e Natal, envolvidos no projeto de implantação do HUB da Latam no Nordeste. 

O Ceará se antecipou na implantação da infraestrutura necessária para o recebimento do HUB, como a inclusão do aeroporto de Fortaleza no pacote de concessões do Governo Federal. As empresas habilitadas pela SAC para realizarem os estudos de viabilidade técnica, econômica e ambiental do Aeroporto Pinto Martins devem entregar os projetos no fim deste mês. “Foram apontados diversos pontos positivos e alguns gargalos que ainda precisam ser resolvidos para se alcançar a estrutura ideal para receber o empreendimento”, destacou Arialdo Pinho, sobre a reunião em Brasília. As princiais recomendações do estudo para viabilizar o Hub no aeroporto Pinto Martins são a ampliação do atual terminal de passageiros e a contrução de um novo pier
O estudo feito pela consultora global Arup apontou necessidade de ampliação de infraestrutura nos aeroportos principais das três cidades. “Os gargalos apresentados são completamente factíveis e plenamente viáveis de se resolver. O estado do Ceará se comprometeu a adotar todas as medidas necessárias junto à SAC para que sejam incluídos no plano de concessão do terminal aeroportuário, já em estudo, e garantir que todos sejam resolvidos, fazendo com que Fortaleza continue como a cidade mais indicada para a instalação do HUB”, completou André Facó. 

Passageiros
De acordo com os dados do estudo, foi estimado que o HUB movimente, a partir de 2018, 2 milhões de passageiros adicionais por ano, em 24 aeronaves operadas diariamente em simultâneo (entre 2.500 e 3.000 passageiros na hora-pico). Em 2038, o número de passageiros deverá chegar a 3,2 milhões por ano, em 36 aeronaves operadas diariamente e simultâneo (mais de 4.000 passageiros na horapico).

Conforme a Arup, baseada nas projeções de demanda, a capacidade declarada das pistas existentes é capaz de atender à demanda prevista para o hub até 2038. “O estudo dá suporte a um dos três critérios de decisão estabelecidos pelo grupo Latam para a implantação do HUB, que é a qualidade da infraestrutura aeroportuária, e também está conectado com os outros dois critérios, que são a experiência do cliente e a competitividade em custos. A partir dos dados trazidos pelo levantamento, continuaremos a avaliar o plano de desenvolvimento de cada um dos aeroportos”, comenta Claudia Sender, presidente da TAM.

Com informações da Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email