Tasso apoia aproximação do PSDB com o MBL

O senador tucano Tasso Jereissati estaria defendendo a aproximação do PSDB com o movimento MBL, de Kim Kataguiri. Segundo o jornal Folha de São Paulo, Tasso teria enviado uma mensagem de áudio aos coordenadores do MBL, dizendo que vê com satisfação a aproximação do grupo com o partido. Essa aproximação com o MBL representa mais uma divisão do PSDB. Uma ala jovem, que envolve os "cabeças pretas" defende a construção de uma aliança com o MBL para 2018, enquanto outras alas da juventude tucana são contra

O senador tucano Tasso Jereissati estaria defendendo a aproximação do PSDB com o movimento MBL, de Kim Kataguiri. Segundo o jornal Folha de São Paulo, Tasso teria enviado uma mensagem de áudio aos coordenadores do MBL, dizendo que vê com satisfação a aproximação do grupo com o partido. Essa aproximação com o MBL representa mais uma divisão do PSDB. Uma ala jovem, que envolve os "cabeças pretas" defende a construção de uma aliança com o MBL para 2018, enquanto outras alas da juventude tucana são contra
O senador tucano Tasso Jereissati estaria defendendo a aproximação do PSDB com o movimento MBL, de Kim Kataguiri. Segundo o jornal Folha de São Paulo, Tasso teria enviado uma mensagem de áudio aos coordenadores do MBL, dizendo que vê com satisfação a aproximação do grupo com o partido. Essa aproximação com o MBL representa mais uma divisão do PSDB. Uma ala jovem, que envolve os "cabeças pretas" defende a construção de uma aliança com o MBL para 2018, enquanto outras alas da juventude tucana são contra (Foto: Fatima 247)

Ceará 247 - O senador tucano Tasso Jereissati estaria defendendo a aproximação do PSDB com o movimento Movimento Brasil Livre (MBL), de Kim Kataguiri. Segundo o jornal Folha de São Paulo, o senador que ainda está na presidência interina do partido, teria enviado uma mensagem de áudio aos coordenadores do MBL, dizendo que vê com satisfação a aproximação do grupo com o partido.

Essa aproximação com o MBL divide também o PSDB jovem. Uma ala que envolve cerca de oito deputados dos chamados "cabeças pretas", ligados a Tasso, defende a construção de uma aliança com o MBL para 2018, enquanto outras alas da juventude tucana estão contra.

Na sua página oficial do Facebook, o MBL não poupa críticas ao PSDB. "Está mais do que na hora deixar o PSDB para trás, como uma mera mancha na história", ao mesmo tempo que diz, através de um de seu coordenadores, na matéria da Folha, que essa posição do tucanato mostra um amadurecimento de uma parcela do partido.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247