TCU mira contrato de R$ 912 milhões da gestão de Teich

O TCU investiga a compra, na gestão do ex-ministro Nelson Teich, de R$ 80 milhões de aventais orçados em R$ 912 milhões

(Foto: Marcello Casal Jr - Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Tribunal de Contas União (TCU) investiga a compra, na gestão do ex-ministro Nelson Teich, de R$ 80 milhões de aventais orçados em R$ 912 milhões. Numa fiscalização, os técnicos da Corte constataram que o negócio foi fechado sem que a pasta oferecesse no processo "informações sobre o dimensionamento do quantitativo dessa compra, em termos de profissionais e localidades a receberem os produtos", diz o TCU.

O risco é de que o governo tenha realizado "contratação superdimensionada e antieconômica". O tribunal aponta ainda "riscos relacionados à logística de aquisição e distribuição dos produtos que podem resultar em entrega de produtos à população alvo de forma intempestiva, comprometendo a eficácia da aquisição almejada". Os relatos foram publicados por Veja

O preço unitário - R$ 11,40 - dos aventais também está na mira. O TCU afirmou que não existe um estudo sobre o valor adequado dos materiais, "o pode resultar em dano ao erário".

Teich deixou o cargo na semana passada após discordâncias com Jair Bolsonaro, que defende o uso da cloroquina no combate ao coronavírus, diferentemente do ex-ministro. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247