Teixeira manda recado a Jungmann: ‘Quem gera violência é a ilegalidade do mercado de drogas’

O deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP) criticou o posicionamento do ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, para quem os consumidores é quem financiam o tráfico de drogas; "Min. Jungmann. Discordo da tua acusação aos usuários de drogas como se eles fossem responsáveis pela violência. Quem gera violência é a ilegalidade do mercado de drogas e não o consumo. A guerra às drogas fracassou.É preciso coragem pra mudar a política de drogas!", escreveu o petista em sua conta no Twitter

O deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP) criticou o posicionamento do ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, para quem os consumidores é quem financiam o tráfico de drogas; "Min. Jungmann. Discordo da tua acusação aos usuários de drogas como se eles fossem responsáveis pela violência. Quem gera violência é a ilegalidade do mercado de drogas e não o consumo. A guerra às drogas fracassou.É preciso coragem pra mudar a política de drogas!", escreveu o petista em sua conta no Twitter
O deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP) criticou o posicionamento do ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, para quem os consumidores é quem financiam o tráfico de drogas; "Min. Jungmann. Discordo da tua acusação aos usuários de drogas como se eles fossem responsáveis pela violência. Quem gera violência é a ilegalidade do mercado de drogas e não o consumo. A guerra às drogas fracassou.É preciso coragem pra mudar a política de drogas!", escreveu o petista em sua conta no Twitter (Foto: Leonardo Lucena)

SP 247 - O deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP) criticou o posicionamento do ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, para quem os consumidores é quem financiam o tráfico de drogas.

"Min. Jungmann. Discordo da tua acusação aos usuários de drogas como se eles fossem responsáveis pela violência. Quem gera violência é a ilegalidade do mercado de drogas e não o consumo. A guerra às drogas fracassou.É preciso coragem pra mudar a política de drogas!", escreveu o petista em sua conta no Twitter.

Em discurso de posse, Jungmann afirmou que, "pela frouxidão dos costumes, pela ausência de valores, pela ausência de capacidade de entender o que é lícito e ilícito, passam a consumir drogas Me impressiona no Rio de Janeiro, onde vejo as pessoas durante o dia clamarem pela segurança, contra o crime". E estão corretas. E à noite financiarem esse crime pelo consumo de drogas. Não é possível! São pontas que muitas vezes se ligam e precisam de estratégias diversas para serem devidamente combatidas".

Ao vivo na TV 247 Youtube 247