Teixeira: reajuste para juízes é um escândalo

"É um escândalo o aumento salarial concedido pelo poder judiciário. Tais salários deveriam ser indexados pelo reajuste do salário mínimo. Deputados e senadores também. A manutenção do auxilio moradia é um escárnio!", afirmou o deputado Paulo Teixeira (PT-SP)

Teixeira: reajuste para juízes é um escândalo
Teixeira: reajuste para juízes é um escândalo (Foto: LUCIO BERNARDO JR)

SP 247 - O deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP) criticou o reajuste no Poder Judiciário aprovado. O Supremo Tribunal Federal incluiu no orçamento de 2019 um reajuste de 16,3% no salário dos ministros da Corte, que é de R$ 33,7 mil, mas vai ultrapassar R$ 39 mil a partir do próximo ano.

"É um escândalo o aumento salarial concedido pelo poder judiciário. Tais salários deveriam ser indexados pelo reajuste do salário mínimo. Deputados e senadores também. A manutenção do auxilio moradia é um escárnio!", escreveu o parlamentar no Twitter.

O impacto da proposta aprovada é de R$ 2,87 milhões para o STF em 2019, de acordo com a Secretaria Geral do STF. Segundo dados divulgados em 2015 pelo Supremo, o impacto em todo o Poder Judiciário federal chegará a R$ 717,1 milhões.

Consultorias da Câmara e do Senado estimam que a proposta teria um impacto de R$ 4 bilhões nas contas públicas, levando em consideração os poderes Executivo, Legislativo, Ministério Público e também os estados da federação. 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247