Tendência de redes sociais para quem tem um negócio online

Quem tem um negócio virtual e utiliza as redes sociais, tem de perceber antes de tudo que as mesmas servem exclusivamente como canal de comunicação direta e canal de venda indireta

Tendência de redes sociais para quem tem um negócio online
Tendência de redes sociais para quem tem um negócio online

As redes sociais estão sempre a mudar. Por esse motivo é essencial acompanhar as tendências e garantir que o seu negócio está sempre na “crista da onda”. 

Embora hajam mudanças que não podemos prever, os vários anos presentes em redes sociais ajudam-nos a perceber o que é que o consumidor quer realmente ver quando dedica um pouco do seu tempo às mesmas. 

Quem tem um negócio virtual e utiliza as redes sociais, tem de perceber antes de tudo que as mesmas servem exclusivamente como canal de comunicação direta e canal de venda indireta. 

Ninguém vai comprar nada diretamente pelo Facebook. Podem é pedir-lhe uma cotação através das mesmas, ou questionar por exemplo o custo de um produto ou dos próprios portes de envio. 

Desta forma, apresentamos-lhe de seguida as tendências (se assim as quiser chamar) para as redes sociais de quem tem um negócio.  

Redes sociais e negócios online: quais as boas práticas 

À medida que as plataformas sociais vão evoluindo, vão sendo adicionadas cada vez mais ferramentas e possibilidades, fazendo com que haja também um maior acompanhamento das necessidades dos consumidores. 

Assim sendo, veja de seguida algumas questões importantes que deve seguir, principalmente se o seu negócio é baseado em sistemas de dropshipping (pode aproveitar as dicas que são fornecidas também diariamente na oberlo app). 

1 – Conteúdos que acalmem e se distingam 

Esta pode parecer uma tendência estranha, no entanto, cada vez mais os consumidores vão estar mais atentos aos conteúdos que tenham como principal intuito um momento de calma nos seus dias agitados. 

Tendo em conta esta tendência, as marcas devem apostar mais na qualidade do que na quantidade, evitando juntar-se ao “barulho” que é comum encontrar-se online. 

2 – Cada vez mais as partilhas são privadas

Uma das maiores tendências das redes sociais, é o fato de as partilhas já não serem tão públicas como eram antigamente. 

Se até agora era comum a partilha de músicas, vídeos e imagens de forma pública nos respetivos murais, agora a tendência é que quase tudo seja partilhado através de aplicações de mensagens, fazendo-se a mesma de forma privada. 

Isso poderá ser bom para o seu negócio, desde que saiba como tornar os seus conteúdos partilháveis. 

3 - A importância das plataformas de nicho

Outra grande tendência, é o crescimento de plataformas de nicho.

O Facebook, Twitter, LinkedIn e Instagram, não são as únicas plataformas que se encontram em crescimento contínuo. 

Cada vez mais, as pessoas gostam de se juntar a comunidades que partilhem os mesmos gostos e interesses em específico. 

Assim, se os produtos que vende são exclusivos para um determinado nicho, foque-se na criação de apps, plataformas ou mesmo grupos onde os usuários possam partilhar suas experiências. 

4 – Lembre-se sempre, os consumidores têm o poder

Contrariamente ao que acontecia há alguns anos atrás em que as marcas é que tinham plenos poderes sobre o consumidor, uma das maiores tendências de social media, é a inversão desse mesmo poder. 

Cada vez mais o consumidor tem o poder de escolher o que quer ter acesso e aquilo em que está realmente interessado. 

Desta forma, apenas os conteúdos que os mesmos acharem relevantes é que vão conseguir obter os lugares cimeiros das redes sociais e motores de busca. 

Em vez de se focar na venda, foque-se na satisfação de uma necessidade. Acredite, faz toda a diferença. 

5 - A importância do storytelling

Qualquer que sejam os produtos que venda, é importante que consiga contar uma história em torno do mesmo e que capte a atenção do consumidor. 

O storytelling enquanto tendência de redes sociais, irá manter-se mais do que nunca. No entanto, vai estar associado a uma comunicação mais informal com o consumidor. 

Para isso, é importante que recorra às mais diversas fontes (como Snapchat, Instagram Stories ou mesmo Facebook Live) de forma a criar uma ligação mais direta e genuína com o seu target. 

Esta é sem qualquer sombra de dúvida uma das melhores maneiras de criar uma ligação genuína. 

6 – Cada vez mais o foco é o Instagram

A tendência é que o Instagram continue a ser uma plataforma extremamente valiosa para as empresas. 

De acordo com diversos estudos, a taxa de interação com as imagens é 10 vezes superior ao Facebook e 54 vezes maior que no Twitter. 

Além disso, o Instagram é a plataforma através da qual é mais provável um utilizador seguir marcas e não apenas os seus amigos. 

Se quer vender mais, nada melhor do que investir na plataforma que mais tem crescido neste setor. 

7 – Vídeo, vídeo e mais vídeo

O sucesso do Facebook e Instagram Live tem sido imenso, tanto em número de vídeos visualizados, como em termos de popularidade e utilizadores. 

Desta forma, as marcas devem continuar a investir neste tipo de tendência, de forma a aumentar a interação do seu target com a marca, aumentando assim o volume de vendas e a notoriedade. 

Como vê, se tem um negócio, agora já sabe o que ter em conta quando partilhar algo nas redes sociais. Siga as tendências e tudo irá correr bem. 

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247