'Transporte de Salvador é 8º pior do país e o prefeito ainda corta linhas'

Embasada numa pesquisa da Associação Brasileira de Defesa do Consumidor que apontou Salvador como oitava pior capital em transporte público no Brasil, a vereadora Marta Rodrigues (PT) diz que a situação "já demonstra o desrespeito com a população soteropolitana, mas se torna ainda mais grave na medida em que a prefeitura aumentou o valor da passagem, diminuiu o número de linhas de bairros populares e sequer se preocupou em cumprir promessas de ônibus novos e com ar-condicionado"; atualmente a frota de Salvador é de 2,6 mil ônibus para atender a 163 bairros; a população da terceira maior capital brasileira é de pouco mais de 3 milhões de pessoas

Marta Rodrigues
Marta Rodrigues (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - Embasada numa pesquisa da Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste) que apontou Salvador como oitava pior capital em transporte público no Brasil, a vereadora Marta Rodrigues (PT) diz que a situação "já demonstra o desrespeito com a população soteropolitana, mas se torna ainda mais grave na medida em que a prefeitura aumentou o valor da passagem, diminuiu o número de linhas de bairros populares e sequer se preocupou em cumprir promessas de ônibus novos e com ar-condicionado".

Atualmente a frota de Salvador tem apenas 2,6 mil ônibus para atender 163 bairros em uma cidade com quase 3 milhões de habitantes. Segundo a vereadora, "o número já é pequeno, e pelo que demonstra a prefeitura, a tendência é piorar".O número de linhas, diz Marta Rodrigues, começou a cair com o corte de 16 roteiros de diversos bairros, incluindo Cajazeiras, "numa tentativa esdrúxula de forçar o passageiro a pegar dois ônibus com o 'Bilhete Único'".

"Como se não bastasse o aumento da passagem de R$ 3,30 para R$ 3,60 no início deste ano, o passageiro ainda precisa tolerar veículos velhos e cheios de baratas, além de passar horas à espera de um ônibus em pontos descobertos e debaixo do sol quente. Temos que agradecer ao governador Rui Costa por estar expandindo o metrô, porque se dependêssemos do prefeito, a população ficaria à mercê. Ele não prioriza o povo. Em Pau Miúdo, por exemplo, é uníssona a reclamação de que os ônibus estão caindo aos pedaços. Em Cajazeiras, já foram retirados 20 ônibus que iam para a Lapa", denuncia a vereadora.

Marta destaca ainda o fato de que a população não encontra ônibus durante a madrugada, "apesar de a prefeitura ter feito um intenso marketing em 2015 com a operação batizada 'Corujão Salvador'". "O prefeito como sempre fazendo marketing, anunciou ônibus 24horas em 2015. Experimente esperar ônibus de madrugada? Não encontra", afirma a petista.

Em 10 anos os aumentos de tarifa em Salvador chegam a 80,4%. "Há o aumento, mas não há a melhoria na qualidade de atendimento. E a prefeitura de Salvador, de 2013 para cá, fez mil promessas para a população e não cumpriu com nenhuma. Ela apenas pegou ônibus velhos, pintou, fez uma maquiagem e anunciou como novos", diz Marta Rodrigues.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247