TRE-CE inicia geração de mídias para as urnas eletrônicas

Todos os partidos, coligações, Ministério Público e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-CE) foram convocados para acompanhar os trabalhos de geração de mídias para as urnas eletrônicas que serão utilizadas nas nestas eleições. Os trabalhos prosseguem até o dia 17 de setembro, das 8 às 19 horas, na Sala de Treinamento do edifício sede do TRE

Todos os partidos, coligações, Ministério Público e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-CE) foram convocados para acompanhar os trabalhos de geração de mídias para as urnas eletrônicas que serão utilizadas nas nestas eleições. Os trabalhos prosseguem até o dia 17 de setembro, das 8 às 19 horas, na Sala de Treinamento do edifício sede do TRE
Todos os partidos, coligações, Ministério Público e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-CE) foram convocados para acompanhar os trabalhos de geração de mídias para as urnas eletrônicas que serão utilizadas nas nestas eleições. Os trabalhos prosseguem até o dia 17 de setembro, das 8 às 19 horas, na Sala de Treinamento do edifício sede do TRE (Foto: Fatima 247)

Ceará247 - O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará iniciou hoje pela manhã os trabalhos de geração de mídias para as urnas eletrônicas que serão utilizadas nas nestas eleições. Todos os partidos, coligações, Ministério Público e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-CE) foram convocados para acompanhar o processo, que prossegue até o dia 17 de setembro, das 8 às 19 horas, na Sala de Treinamento do edifício sede do TRE.

Para a geração de mídias, os servidores do TRE receberam da Secretaria de Tecnologia da Informação 900 cartões de memória de carga, 24.155 cartões de memória de votação e 24.063 memórias de resultado. Os cartões de memória de carga recebem os programas da urna e os dados de candidatos e eleitores de até 100 seções eleitorais de um determinado município, embora o padrão no TRE-CE seja de até 30 seções, visando agilizar o processo de preparação das urnas. Já nos cartões de memória de votação, são gravadas as fotos dos candidatos que concorrem à eleição.

Antes da geração, o TRE realizou vários procedimentos preparatórios que incluíram a consolidação das informações necessárias para a eleição, tais como seções, agregações e mesas receptoras de justificativas, a oficialização do sistema de preparação, o fechamento do CAND (Sistema de Registro de Candidaturas), que aconteceu nesta terça-feira (13/9) e a emissão de relatórios para conferência dos dados dos candidatos que constarão nas urnas eletrônicas.

Depois da geração de mídias, começará a carga das urnas eletrônicas. O procedimento consiste na destinação de uma urna para cada uma das 20.323 seções de votação e das 39 urnas para recebimento de justificativas. A partir dos cartões de memória de carga, são transferidos para as urnas eletrônicas os programas da urna, homologados pelo Tribunal Superior Eleitoral, e os dados de candidatos e eleitores (nome, número do título e informações biométricas, se existirem) da seção correspondente.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247