Tropas federais encerram Operação Pernambuco

As tropas do Exército e da Força de Segurança Nacional, que estão em Pernambuco desde o último dia 18, quando os Policiais e Bombeiros Militares deflagraram uma greve que durou 48 horas, encerram suas atividades nesta quinta-feira (29); aApesar do fim das ações da Operação Pernambuco, o aparato de segurança poderá ser acionado novamente caso haja uma nova solicitação do Governo do Estado neste sentido; Durante a Copa do Mundo, contingente do Exército será reforçado

As tropas do Exército e da Força de Segurança Nacional, que estão em Pernambuco desde o último dia 18, quando os Policiais e Bombeiros Militares deflagraram uma greve que durou 48 horas, encerram suas atividades nesta quinta-feira (29); aApesar do fim das ações da Operação Pernambuco, o aparato de segurança poderá ser acionado novamente caso haja uma nova solicitação do Governo do Estado neste sentido; Durante a Copa do Mundo, contingente do Exército será reforçado
As tropas do Exército e da Força de Segurança Nacional, que estão em Pernambuco desde o último dia 18, quando os Policiais e Bombeiros Militares deflagraram uma greve que durou 48 horas, encerram suas atividades nesta quinta-feira (29); aApesar do fim das ações da Operação Pernambuco, o aparato de segurança poderá ser acionado novamente caso haja uma nova solicitação do Governo do Estado neste sentido; Durante a Copa do Mundo, contingente do Exército será reforçado (Foto: Paulo Emílio)

Pernambuco 247 - As tropas do Exército e da Força de Segurança Nacional, que estão em Pernambuco desde o último dia 18, quando os Policiais e Bombeiros Militares deflagraram uma greve que durou 48 horas, encerram suas atividades nesta quinta-feira (29). Apesar do fim das ações da Operação Pernambuco, o aparato de segurança poderá ser acionado novamente caso haja uma nova solicitação do Governo do Estado neste sentido.

O governador João Lyra Neto frisou ainda que o Exército retornará a Pernambuco, já a partir do dia 1º de junho, em virtude da Copa do Mundo. O objetivo é garantir a segurança durante o período, quando Pernambuco será sede de cinco partidas do Mundial, entre os dias 14 e 29 de junho.

"Terminou o período de Garantia da Lei e da Ordem das tropas federais em Pernambuco, em função da paralisação da Polícia Militar, há duas semanas. É importante dizer que durante o mês de junho, haverá um contingente ainda maior das Forças Armadas em Pernambuco, por conta da Copa do Mundo. Desta forma, a população poderá ficar tranquila, porque a situação de normalidade foi restabelecida, e também porque, conforme foi combinado com o Ministério da Justiça e o Ministério da Defesa, o Governo de Pernambuco poderá, em caso de emergência, convocar em novo momento a Força Nacional e o Exército brasileiro, para os quais prestamos nosso agradecimento pela contribuição e parceria nesses últimos dias", afirmou o governador João Lyra Neto.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247