Tucanos querem CPI contra Tarso. PT, contra Fortunati

Os seis deputados do PSDB na Assembléia do RS já decidiram protocolar pedido de instalação de CPI para investigar a área ambiental do governo Tarso Genro, cujo secretário Carlos Niedersberg foi preso pela Polícia Federal; na Câmara de Vereadores de Porto Alegre, no entanto, a bancada do PT assinou o requerimento de pedido de CPI para a área ambiental do prefeito José Fortunati, cujo secretário Luiz Fernando Zacchia também foi preso

Tucanos querem CPI contra Tarso. PT, contra Fortunati
Tucanos querem CPI contra Tarso. PT, contra Fortunati

Políbio Braga - Os seis deputados do PSDB na Assembléia do RS,  já decidiram protocolar pedido de instalação de CPI para investigar a área ambiental do governo Tarso Genro, cujo secretário Carlos Niedersberg  foi preso pela Polícia Federal. A bancada começou a recolher assinaturas.

. Nenhum Partido quis assinar o requerimento nesta terça-feira, mas o PSDB espera contar com as assinaturas dos deputados do PMDB, PP, DEM, PPS e PDT, fazendo o número necessário.

. Os 14 deputados do PT, que engordaram todos os pedidos de CPI apresentados contra o governo Yeda Crusius, negaram-se a assinar qualquer requerimento, alegando que será preciso aguardar pela conclusão do inquérito da Polícia Federal, coisa que não exigiram quando patrocinaram a CPI do Detran.
  
. Na Câmara de Vereadores de Porto Alegre, no entanto, a bancada do PT assinou o requerimento de pedido de CPI para a área ambiental do prefeito José Fortunati, cujo secretário Luiz Fernando Zacchia também foi preso. Até o momento foram recolhidas 11 das 12 assinaturas necessárias.

- CPIs são sempre bem vindas para estabelecer responsabilidades políticas sobre fatos determinados, o que parece ser o caso nos governos do RS e de Porto Alegre.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247