Um marco na GT4

Cristiano Federico e Caio Lara vencem a primeira prova da categoria disputada em circuito de rua

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

SÃO PAULO (Anhembi) – A dupla Cristiano Federico/Caio Lara entrou para a história do GT Brasil ao vencer na tarde deste sábado no circuito de rua do Anhembi, montado na Capital paulista, a primeira corrida de rua da categoria GT4. Caio largou em segundo lugar, mas logo na primeira volta assumiu a liderança que não foi mais perdida. A segunda colocação ficou com Otávio Mesquita com a dupla Valter Rossete/Fábio Greco em terceiro lugar. Com o resultado, a Equipe ATW/ BVA/R3MZ confirma ser uma das mais fortes concorrentes ao título da categoria.

“Foi uma vitória excelente e que nos dá novo ânimo, principalmente depois da última corrida em Interlagos, quando vencemos, mas não levamos”, disse Federico.

Para Caio Lara, a corrida foi curta, pois ele ultrapassou o pole logo na largada e entregou o carro em boas condições ao companheiro.

“Passei rápido por ele e estava abrindo cerca de dois segundos por volta. Aí passei a poupar o carro para deixar pneus para o Cris. Estava tão bom que acho que faltou corrida. Queria mais duas horas de prova”, brincou Caio.

E o resultado da Equipe ATW/ BVA/R3MZ poderia ter sido melhor ainda não fosse o pneu furado do carro pilotado por Marcelo Losasso e Osvaldo Federico, o que levou os dois a terminarem na sétima posição.

“Quando tínhamos 27 minutos de corrida a parte interna do pneu dianteiro esquerdo estourou. Não deu para entender e ainda assim ficamos em sétimo lugar”, disse Osvaldo.

“Fizemos uma excelente corrida e o resultado foi muito bom, pois esta foi a nossa primeira prova de rua”, disse Losasso.

A equipe ATW/BVA/R3MZ tem o patrocínio do Banco BVA, La Rioja, Dubai Motors, Hooters Brasil, Red Nose, WS Adesivos e Clínica de Cirurgia Plástica Rodrigo Federico.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email