Unicef alerta para crise de HIV entre meninas adolescentes, com 20 casos por hora

Adolescentes, e principalmente meninas, são as maiores vítimas da epidemia global de Aids, já que cerca de 30 jovens se infectam a cada hora, de acordo com um relatório do Fundo das Nações Unidas para as Crianças (Unicef); destas 30 infecções novas em pessoas de 15 a 19 anos de idade em 2017, cerca de 20 – ou dois terços – foram em meninas, disse o Unicef

Unicef alerta para crise de HIV entre meninas adolescentes, com 20 casos por hora
Unicef alerta para crise de HIV entre meninas adolescentes, com 20 casos por hora

LONDRES (Reuters) - Adolescentes, e principalmente meninas, são as maiores vítimas da epidemia global de Aids, já que cerca de 30 jovens se infectam a cada hora, de acordo com um relatório do Fundo das Nações Unidas para as Crianças (Unicef).

Destas 30 infecções novas em pessoas de 15 a 19 anos de idade em 2017, cerca de 20 –ou dois terços– foram em meninas, disse o Unicef, o que representa uma “crise de saúde, além de uma crise de intervenção”.

Embora tenha havido um progresso substancial na luta contra a Aids nas últimas duas décadas, a incapacidade de evitar tantas infecções novas entre crianças e adolescentes está refreando esse avanço, disse o relatório.

Segundo o levantamento, a propagação da epidemia entre meninas adolescentes está sendo estimulada pelo sexo precoce, inclusive com homens mais velhos, sexo forçado, impotência para negociar relações sexuais, pobreza e falta de acesso a aconselhamento confidencial e exames.

“Na maioria dos países, mulheres e meninas carecem de acesso a informações, serviços e até ao poder de dizer não ao sexo de risco”, disse Henrietta Fore, diretora-executiva do Unicef. “O HIV floresce entre os mais vulneráveis e marginalizados, o que coloca as meninas adolescentes no cerne da crise.”

O relatório do Unicef, apresentado nesta quarta-feira em uma conferência da Aids em Amsterdã, disse que 130 mil adolescentes de 19 anos ou menos morreram de Aids no ano passado e que 430 mil foram infectadas –quase 50 por hora.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247