Unidade em nuvem da Amazon considera vender seus próprios equipamentos de rede

A AWS poderia precificar seus switches 70 a 80 por cento mais baratos do que os modelos comparáveis ​​da Cisco, afirmou o Information, citando uma fonte com conhecimento sobre o assunto.

Unidade em nuvem da Amazon considera vender seus próprios equipamentos de rede
Unidade em nuvem da Amazon considera vender seus próprios equipamentos de rede

(Reuters) - O negócio de serviços em nuvem da Amazon.com está considerando a possibilidade de vender seus próprios equipamentos de rede para clientes corporativos, de acordo com uma reportagem, levando a uma queda das ações da Cisco Systems e de outras fabricantes de equipamentos de rede.

As ações da Cisco caíam quase 5 por cento, eliminando quase 11 bilhões de dólares de seu valor de mercado. As ações da Juniper Networks recuavam 2,3 por cento e da Arista Networks Inc perdiam 4,6 por cento, já que os investidores temem que a escala e o poder de preços da Amazon possam abalar o setor.

A notícia chega dias depois que a Amazon estremeceu o setor de varejo de medicamentos ao decidir comprar a pequena farmácia online PillPack.

Os dispositivos de rede serão compostos de software open-source e hardware sem marca conhecidos como switches (comutadores) “white-box” e vêm com conexões embutidas para serviços em nuvem da Amazon Web Services (AWS), como servidores e armazenamento, segundo a reportagem publicada no Information.

A AWS poderia precificar seus switches 70 a 80 por cento mais baratos do que os modelos comparáveis ​​da Cisco, afirmou o Information, citando uma fonte com conhecimento sobre o assunto.

A AWS espera lançar os switches para venda nos próximos 18 meses, de acordo com a reportagem.

Amazon e Juniper não responderam imediatamente a um pedido de comentário, e Cisco e Arista não quiseram comentar. 

Por Arjun Panchadar

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247