Vai apresentar um pitch? Confira algumas dicas

O momento de apresentar o projeto para uma banca de investidores nunca é fácil: o nervosismo pode atrapalhar e fazer com que aspectos importantes do produto ou serviço não sejam mencionados – ou sejam explicados de forma errada; pensando nisso, oito empreendedores explicaram o que empreendedores devem fazer para que a apresentação seja bem-sucedida; uma dica é, ao mesmo tempo em que manter o discurso simples é um ponto importante, incluir questões de mercado mais amplas, que apontem maiores características sobre seu mercado

O momento de apresentar o projeto para uma banca de investidores nunca é fácil: o nervosismo pode atrapalhar e fazer com que aspectos importantes do produto ou serviço não sejam mencionados – ou sejam explicados de forma errada; pensando nisso, oito empreendedores explicaram o que empreendedores devem fazer para que a apresentação seja bem-sucedida; uma dica é, ao mesmo tempo em que manter o discurso simples é um ponto importante, incluir questões de mercado mais amplas, que apontem maiores características sobre seu mercado
O momento de apresentar o projeto para uma banca de investidores nunca é fácil: o nervosismo pode atrapalhar e fazer com que aspectos importantes do produto ou serviço não sejam mencionados – ou sejam explicados de forma errada; pensando nisso, oito empreendedores explicaram o que empreendedores devem fazer para que a apresentação seja bem-sucedida; uma dica é, ao mesmo tempo em que manter o discurso simples é um ponto importante, incluir questões de mercado mais amplas, que apontem maiores características sobre seu mercado (Foto: Leonardo Lucena)

Júlia Miozzo, do SartSe – Embora nem sempre seja o momento certo, muitos empreendedores se preocupam com a questão de conseguir investimentos para seu negócio, seja por acreditar que essa é a única maneira de fazer o negócio crescer ou por uma falta de recursos.

De qualquer forma, o momento de apresentar o projeto para uma banca de investidores nunca é fácil: o nervosismo pode atrapalhar e fazer com que aspectos importantes do produto ou serviço não sejam mencionados – ou sejam explicados de forma errada. Pensando nisso, oito empreendedores explicaram o que empreendedores devem fazer para que a apresentação seja bem-sucedida.

Confira:

Conheça o mercado em que atua
A principal atitude que você pode tomar é ter pleno conhecimento sobre o mercado em que você atua ou vai atuar. Isso te dará uma ideia do potencial de crescimento da sua startup, segundo Rafael Heringer, cofundador do Jurídico Correspondentes, reforçando que esse é um ponto levado muito a sério.

Resolva problemas do dia a dia
Ter um negócio que foque na resolução de problemas comuns e de rotina é algo que atrai investidores. Pode não ser o produto mais criativo do mercado, mas, se for funcional e criar uma solução para o consumidor, ele é uma boa ideia. Segundo o empreendedor Francisco Forbes, CEO da SEED, os produtos devem estar próximos da realidade do usuário.

Faça uma explicação simples, mas memorável
Evite fazer uma explicação complicada de seu produto e empresa, usando palavras difíceis para ter um discurso mais bonito. Apresente seu projeto de forma simples, a maneira como você identificou a demanda dele, como ele se diferencia dos concorrentes e porque deve ser investido. Adriana Barbosa, fundadora da payleven Brasil, indica ter foco e conteúdo em todo o seu discurso.

Seja transparente
Mostrar como seu negócio é na essência, mesmo que ele apresente alguns problemas, é o melhor a se fazer. Os investidores podem aconselhar, dar dicas, apontar alguns problemas que, se resolvidos, deixarão seu negócio pronto para um investimento. A dica de Lucas Melo, cofundador do MeSeems, é para sempre estar aberto para ouvir os conselhos do investidor.

Aponte seus diferenciais
Ao mesmo tempo em que manter o discurso simples é um ponto importante, incluir questões de mercado mais amplas, que apontem maiores características sobre seu mercado, é interessante para que você consiga mostrar quais são os diferenciais de seu projeto em relação ao que já existe nesse nicho.

Segundo Rodolpho Gurgel, CEO da Bidu Corretora, o maior desafio ao apresentar os projetos é se diferenciar de outros negócios que o investidor em questão também esteja avaliando.

Conversa com investidores não é um paredão de fuzilamento
Para Tomas O’Farrell, cofundador da Workana, é interessante que o empreendedor também leve questões para os investidores, fazendo da apresentação um diálogo entre as duas partes. Assim, o resultado será melhor.

Forme um time que se complete
O CEO do Peixe Urbano, Alex Tabor, acredita que montar uma equipe de sócios com competências complementares é importante para transmitir confiança. “Para muitos investidores, a equipe fundadora é mais importante que o modelo de negócio em si, já que por ela é possível mostrar a capacidade de execução do projeto”, explicou.

Teste seu produto
Antes de realizar o pitch de negócios, o empreendedor deve desenvolver o MVP (Produto Mínimo Viável) para que o investidor enxergue uma maior visibilidade na startup – no MVP, é possível enxergar o nível de adesão dos clientes em relação ao produto.

“Quanto mais feedbacks satisfatórios, e de preferência entusiasmados, de seus consumidores durante o período de testes do produto ou serviço, maior será o interesse dos investidores e, consequentemente, mais favorável ficará a negociação do aporte para o empreendedor”, explicou Allan Costa, ex-diretor superintendente do Sebrae/PR.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247