Valadares Filho critica péssimo desempenho de Aracaju em transparência

Através das suas redes sociais, o deputado federal Valadares Filho (PSB) criticou o desempenho obtido pela Prefeitura de Aracaju na segunda edição da Escala Brasil Transparente (EBT), elaborada pela Controladoria-Geral da União (CGU); Aracaju ficou em penúltimo lugar, com nota 2,22, à frente apenas de Porto Velho (RO); “Mais uma vez a Prefeitura de Aracaju aparece entre as piores capitais do país no que se refere à transparência pública", frisou; “Qualquer cidadão, e ele não precisa ser um entendedor de gestão financeira, deve encontrar as informações desejadas no portal da PMA, algo que não acontece hoje. O que vemos é que a transparência pública não é uma das prioridades da atual gestão”, afirmou

valadares filho 
valadares filho  (Foto: Valter Lima)

247 - Através das suas redes sociais, o deputado federal Valadares Filho (PSB) criticou o desempenho obtido pela Prefeitura de Aracaju na segunda edição da Escala Brasil Transparente (EBT), elaborada pela Controladoria-Geral da União (CGU). Divulgado na sexta-feira, 20, o índice mede o grau de transparência pública em Estados e municípios brasileiros quanto ao cumprimento às normas da Lei de Acesso à Informação (LAI). Aracaju ficou em penúltimo lugar, com nota 2,22, à frente apenas de Porto Velho (RO).

“Mais uma vez a Prefeitura de Aracaju aparece entre as piores capitais do país no que se refere à transparência pública. Em maio, um ranking elaborado pela Associação Contas Abertas, que visa estabelecer o Índice de Transparência, destacou a capital sergipana em último lugar entre as 26 capitais brasileiras avaliadas.  Dessa vez, a Controladoria-Geral da União (CGU) aponta Aracaju em penúltimo lugar, o que é ruim para a cidade”, frisou o parlamentar. 

Na opinião de Valadares Filho, esse novo resultado mostra que administração municipal não evoluiu de maio para cá no que se refere à transparência pública. “Infelizmente não houve qualquer mudança para aprimorar essa ferramenta social de controle e acompanhamento. É uma posição ruim para Aracaju, uma vez que nos tempos atuais a sociedade está cada vez mais atenta e vigilante com o controle dos gastos públicos”, disse Valadares Filho. 

Para o deputado federal, “é imprescindível que a Prefeitura de Aracaju facilite esse acesso, tornando o controle social acessível a todos”. “Qualquer cidadão, e ele não precisa ser um entendedor de gestão financeira, deve encontrar as informações desejadas no portal da PMA, algo que não acontece hoje. O que vemos é que a transparência pública não é uma das prioridades da atual gestão”, completou Valadares Filho.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247