Valente: grande parte da imprensa flerta com o perigo do fascismo

"Não se brinca com fascismo. Grande parte da imprensa flerta com o perigo, alegando que temos instituições fortes o suficiente para nos proteger deste mal. Na Alemanha dos anos 1930, muitos também pensavam assim e deu no que deu", afirmou o deputado reeleito pelo Psol-SP

Valente: grande parte da imprensa flerta com o perigo do fascismo
Valente: grande parte da imprensa flerta com o perigo do fascismo (Foto: LUIS MACEDO - CÂMARA)

SP 247 - O deputado federal reeleito Ivan Valente (Psol-SP) alertou para o extremismo de Jair Bolsonaro (PSL), que já defendeu a Ditadura Militar (1964-1985), pena de morte e posse de armas para a população.

"Não se brinca com fascismo. Grande parte da imprensa flerta com o perigo, alegando que temos instituições fortes o suficiente para nos proteger deste mal. Na Alemanha dos anos 1930, muitos também pensavam assim e deu no que deu", escreveu o parlamentar no Twitter.

Bolsonaro também afirmou que "marginais vermelhos serão banidos". "Perderam ontem, perderam em 2016 e vão perder semana que vem [2º turno] de novo. A faxina agora será muito mais ampla. Essa turma, se quiser ficar aqui, vai ter que se colocar sob a lei de todos nós. Ou vão para fora ou vão para a cadeia. Esses marginais vermelhos serão banidos de nossa pátria", disse o candidato em uma transmissão ao vivo para milhares de eleitores que lotaram a avenida Paulista neste domingo (21).

Durante evento no Acre, em setembro, o candidato deu mais uma demonstração de ódio e simulou "fuzilar" a "petralhada" do estado.

O extremismo propagada por Bolsonaro gerou preocupação no jornal Folha de S. Paulo, que pediu à Polícia Federal, por meio de uma representação feita ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a abertura de um inquérito para investigar as ameaças feitas contra três de seus jornalistas e um diretor da empresa por causa da reportagem que revelou o esquema ilegal bancado por empresas pró-Bolsonaro para o disparo de mensagens em massa contra o candidato do campo democrático, Fernando Haddad, e o PT.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247