Vanderlan aperta Iris em debate cara a cara

Candidatos participaram na manhã desta segunda-feira debate cara a cara, sem mediação, na rádio Interativa; durante uma hora, os dois trocaram perguntas e falaram dos mais diversos temas; Vanderlan Cardoso acusou Iris Rezende de fazer uma campanha de baixaria e ataques; peemedebista ficou desconfortável ao falar de sua relação com o atual prefeito Paulo Garcia e disse não ter responsabilidade alguma no insucesso da gestão petista; Iris afirmou que Vanderlan esconde Marconi da campanha e empresário respondeu que o governador está concentrado na administração do Estado e que Iris não esquece o tucano, deixando claro que seu objetivo é usar a prefeitura como um trampolim para o governo em 2018

Candidatos participaram na manhã desta segunda-feira debate cara a cara, sem mediação, na rádio Interativa; durante uma hora, os dois trocaram perguntas e falaram dos mais diversos temas; Vanderlan Cardoso acusou Iris Rezende de fazer uma campanha de baixaria e ataques; peemedebista ficou desconfortável ao falar de sua relação com o atual prefeito Paulo Garcia e disse não ter responsabilidade alguma no insucesso da gestão petista; Iris afirmou que Vanderlan esconde Marconi da campanha e empresário respondeu que o governador está concentrado na administração do Estado e que Iris não esquece o tucano, deixando claro que seu objetivo é usar a prefeitura como um trampolim para o governo em 2018
Candidatos participaram na manhã desta segunda-feira debate cara a cara, sem mediação, na rádio Interativa; durante uma hora, os dois trocaram perguntas e falaram dos mais diversos temas; Vanderlan Cardoso acusou Iris Rezende de fazer uma campanha de baixaria e ataques; peemedebista ficou desconfortável ao falar de sua relação com o atual prefeito Paulo Garcia e disse não ter responsabilidade alguma no insucesso da gestão petista; Iris afirmou que Vanderlan esconde Marconi da campanha e empresário respondeu que o governador está concentrado na administração do Estado e que Iris não esquece o tucano, deixando claro que seu objetivo é usar a prefeitura como um trampolim para o governo em 2018 (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - Os candidatos Vanderlan Cardoso (PSB) e Iris Rezende (PMDB) participaram de uma debate cara a cara e sem mediação na manhã desta segunda-feira, na Rádio Interativa. Os dois trocaram perguntas por uma hora e falaram de variados temas envolvendo Goiânia. Como de costume, Iris estourou o tempo de 30 segundos para perguntar e teve dificuldade para se acostumar com a dinâmica do programa, sendo advertido pelo apresentador José Luiz.

O primeiro momento de tensão do debate foi quando Vanderlan perguntou a Iris sobre as regionais administrativas. O empresário lembrou que os dois começaram a ser prefeitos em Senador Canedo e Goiânia em 2005 e ele, Vanderlan, logo no primeiro ano implementou três regionais em Canedo. Iris disse que a Câmara aprovou a lei que criava as regionais, mas não deu maiores detalhes do porquê de não ter colocado as chamadas subprefeituras em Goiânia.

O tema Saneago também foi tratado. Uma das propostas de Iris Rezende é municipalizar o serviço de tratamento e distribuição de água em Goiânia. Vanderlan lembrou que existe uma multa para caso que se quebre o contrato entre prefeitura e Saneago e que Iris não explica com será paga esta multa.

Iris ficou nervoso ao falar ser indagado sobre sua relação com o atual prefeito Paulo Garcia (PT). Negou que tenha colocado o petista no cargo. "Foi o povo", disse o peemedebista. Vanderlan Cardoso perguntou se Iris não se sentia culpado pelo fracasso da gestão petista, que nos últimos anos enfrentou forte crise financeira. Paulo Garcia já revelou que Iris deixou uma dívida de R$ 200 milhões só na área da saúde. "Eu deixei a prefeitura com exatos R$ 176 milhões em caixa e sem nenhuma dívida", disse Iris.

O empresário Vanderlan Cardoso disse que não esconde o governador Marconi Perillo (PSDB) de sua campanha em Goiânia. Vanderlan afirmou que Marconi está totalmente concentrado na administração do Estado. “O País vive uma crise e Marconi está cuidando de Goiás, aliás, muito bem, porque o Estado vem sentindo menos os efeitos desta crise”.

Paulo Garcia

Iris Rezende negou ser o responsável pelo insucesso da administração do atual prefeito. O peemedebista assumiu que está rompido com Paulo Garcia e disse que foi o povo quem colocou o petista na prefeitura de Goiânia. Iris disse que deixou R$ 176 milhões em caixa e sem nenhuma dívida. Essa versão é contestada pelo prefeito. Paulo Garcia sempre diz que herdou um rombo de R$ 200 milhões só na saúde.

Patrimônio

Vanderlan Cardoso também perguntou a Iris a origem do patrimônio do peemedebista, que já apontado diversas vezes como um dos políticos mais ricos do Brasil. O peemedebista tem fazendas no Mato Grosso e criador de gado. Iris disse que todo seu patrimônio acumulado ao longo da vida é fruto de 11 anos de trabalho como advogado em Goiânia lá no século passado e da herança do seu pai.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247