Vanderlan: não há lógica em ser vice do PMDB

Pré-candidato do PSB ao governo do Estado afirma que chance de aliança com o PMDB e com o DEM de Ronaldo Caiado é zero; segundo ele, que falou à Coluna Giro, de O Popular, as conversas entre Iris Rezende e Eduardo Campos visam exclusivamente o apoio do peemedebista goiano à candidatura do ex-governador de Pernambuco à Presidência da República; PMDB goiano ameaça romper de vez com o PT porque Antônio Gomide foi lançado ao governo de Goiás

eduardo e vanderlan
eduardo e vanderlan (Foto: José Barbacena)

Goiás247 - O pré-candidato Vanderlan Cardoso (PSB) não quer saber de ser vice de Iris Rezende numa chapa para a disputado governo de Goiás. Em entrevista à coluna Giro, de O Popular, o empresário descarta essa possibilidade e diz que seria prejudicado caso Iris Rezende fosse candidato ao governo, ele, Vanderlan, como vice e Ronaldo Caiado (DEM) para o Senado.

"O único prejudicado seria eu, que tenho condições de estar no segundo turno em Goiás. Portanto a chance de esta aliança acontecer é zero”, garante Vanderlan. Essa configuração de chapa vem sendo comentada desde que Eduardo Campos esteve no apartamento de Iris no final de semana passado.

Vanderlan explica que o interesse do pernambucano é conquistar o apoio do PMDB goiano para seu projeto de presidência da República. O PMDB de Goiás ameaça romper com Dilma Rousseff porque o PT lançou Antônio Gomide ao governo do Estado. "A única coisa que existe, de fato, é o interesse de Eduardo Campos ganhar o apoio do PMDB, que pode realmente não estar no mesmo palanque da presidente Dilma em Goiás. Não há lógica em ser vice do PMDB, partido que deixei para ser candidato a governador neste ano".

Ex-prefeito de Senador Canedo, Vanderlan Cardoso é o terceiro colocado nas pesquisas, atrás de Marconi Perillo e Iris Rezende. Na eleição de 2010, o empresário obteve 500 mil votos e depois do pleito migrou para o PMDB, mas viu que seria coadjuvante de Iris e pouco tempo depois deixou o partido para ocupar o espaço de Júnior Friboi no PSB, que assim como Vanderlan foi para o PMDB e viu que encarar Iris não é nada fácil.

 

 

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247