Vanderlan: "Vou governar Goiânia com parcerias"

O candidato Vanderlan Cardoso (PSB) deu entrevista ao jornal Diário da Manhã e falou sobre o que planeja para a prefeitura de Goiânia; Vanderlan disse que o hoje a Capital é governada com rancor e em sua gestão a prioridade será a parceria; "É preciso todos se darem as mãos para resgatar Goiânia. Eu não vou em hipótese alguma trabalhar sem ir atrás das parcerias, com o governo do Estado, o governo federal, para implantar os polos, com a concessão de áreas, incentivos fiscais, treinamento de mão de obra; infraestrutura; viadutos. São muitas parcerias que Goiânia perdeu nos últimos anos”

O candidato Vanderlan Cardoso (PSB) deu entrevista ao jornal Diário da Manhã e falou sobre o que planeja para a prefeitura de Goiânia; Vanderlan disse que o hoje a Capital é governada com rancor e em sua gestão a prioridade será a parceria; "É preciso todos se darem as mãos para resgatar Goiânia. Eu não vou em hipótese alguma trabalhar sem ir atrás das parcerias, com o governo do Estado, o governo federal, para implantar os polos, com a concessão de áreas, incentivos fiscais, treinamento de mão de obra; infraestrutura; viadutos. São muitas parcerias que Goiânia perdeu nos últimos anos”
O candidato Vanderlan Cardoso (PSB) deu entrevista ao jornal Diário da Manhã e falou sobre o que planeja para a prefeitura de Goiânia; Vanderlan disse que o hoje a Capital é governada com rancor e em sua gestão a prioridade será a parceria; "É preciso todos se darem as mãos para resgatar Goiânia. Eu não vou em hipótese alguma trabalhar sem ir atrás das parcerias, com o governo do Estado, o governo federal, para implantar os polos, com a concessão de áreas, incentivos fiscais, treinamento de mão de obra; infraestrutura; viadutos. São muitas parcerias que Goiânia perdeu nos últimos anos” (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - O candidato Vanderlan Cardoso (PSB) deu entrevista ao jornal Diário da Manhã e falou sobre o que planeja para a prefeitura de Goiânia. Vanderlan disse que o hoje a Capital é governada com rancor e em sua gestão a prioridade será a parceria.

"É preciso todos se darem as mãos para resgatar Goiânia. Eu não vou em hipótese alguma trabalhar sem ir atrás das parcerias, com o governo do Estado, o governo federal, para implantar os polos, com a concessão de áreas, incentivos fiscais, treinamento de mão de obra; infraestrutura; viadutos. São muitas parcerias que Goiânia perdeu nos últimos anos”.

A aliança entre PMDB e PT está em abalo desde meados do ano passado e em 2016 degringolou de vez, com o prefeito Paulo Garcia e Iris Rezende trocando acusações.  

"Quando eu digo administrar com o fígado é com rancor, com ódio. Goiânia chegou no fundo do poço, a cidade não aguenta mais um ano sendo administrada do jeito que está. Então, passadas as eleições, é preciso a todos se darem as mãos para resgatar Goiânia. Eu não vou em hipótese alguma trabalhar sem ir atrás das parcerias, com o governo do Estado, para a implantação dos polos, com a concessão de áreas e de incentivos fiscais; treinamento de mão de obra e infraestrutura, como os viadutos. São muitas as parcerias que Goiânia perdeu nos últimos anos. Eu disputei as eleições em 2004 contra o candidato do governador à época e, mesmo assim, no outro dia, depois das eleições, eu estava lá no palácio do governo em busca de parcerias".

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247