Vereadores cassam mandato do prefeito de Sorocaba

Câmara Municipal de Sorocaba decidiu cassar o mandato do prefeito da cidade, José Crespo (DEM), em votação na noite dessa quinta-feira, 24; relatório do vereador Vitão do Cachorrão (PMDB) na Comissão Processante da Casa, que acusa o prefeito de quebra de decoro e prevaricação recebeu voto favorável de 14 dos vereadores; segundo o relatório, Crespo insistiu em impedir investigação sobre os diplomas escolares de sua ex-assessora Tatiane Polis. Um inquérito aberto pela Polícia Civil concluiu que os documentos escolares da educação básica apresentados por Tatiana eram falsos; vice Jaqueline Liliam Barcellos Coutinho (PTB) já foi empossada no cargo

Câmara Municipal de Sorocaba decidiu cassar o mandato do prefeito da cidade, José Crespo (DEM), em votação na noite dessa quinta-feira, 24; relatório do vereador Vitão do Cachorrão (PMDB) na Comissão Processante da Casa, que acusa o prefeito de quebra de decoro e prevaricação recebeu voto favorável de 14 dos vereadores; segundo o relatório, Crespo insistiu em impedir investigação sobre os diplomas escolares de sua ex-assessora Tatiane Polis. Um inquérito aberto pela Polícia Civil concluiu que os documentos escolares da educação básica apresentados por Tatiana eram falsos; vice Jaqueline Liliam Barcellos Coutinho (PTB) já foi empossada no cargo
Câmara Municipal de Sorocaba decidiu cassar o mandato do prefeito da cidade, José Crespo (DEM), em votação na noite dessa quinta-feira, 24; relatório do vereador Vitão do Cachorrão (PMDB) na Comissão Processante da Casa, que acusa o prefeito de quebra de decoro e prevaricação recebeu voto favorável de 14 dos vereadores; segundo o relatório, Crespo insistiu em impedir investigação sobre os diplomas escolares de sua ex-assessora Tatiane Polis. Um inquérito aberto pela Polícia Civil concluiu que os documentos escolares da educação básica apresentados por Tatiana eram falsos; vice Jaqueline Liliam Barcellos Coutinho (PTB) já foi empossada no cargo (Foto: Aquiles Lins)

SP 247 - A Câmara Municipal de Sorocaba decidiu cassar o mandato do prefeito da cidade, José Crespo (DEM), em votação na noite dessa quinta-feira, 24. 

Relatório do vereador Vitão do Cachorrão (PMDB) na Comissão Processante da Casa, que acusa o prefeito de quebra de decoro e prevaricação recebeu voto favorável de 14 dos vereadores.

Segundo o relatório, Crespo insistiu em impedir investigação sobre os diplomas escolares de sua ex-assessora Tatiane Polis. Um inquérito aberto pela Polícia Civil concluiu que os documentos escolares da educação básica apresentados por Tatiana eram falsos.

Após a votação, a vice Jaqueline Liliam Barcellos Coutinho (PTB) tomou posse como prefeita.

Catorze dos 20 vereadores da cidade votaram a favor do relatório da Comissão Processante de que houve no caso em que envolve uma assessora do prefeito.

Segundo o vereador Péricles Régis (PMDB), é a primeira vez na história da cidade que um prefeito deixa o cargo antes de cumprir o mandato e não por arbitrariedade da Câmara. Segundo Régis, houve um processo de investigação no qual Crespo teve ampla defesa e foram constatados excessos e omissões dele.

"A CPI mostrou que todas as denúncias da vice eram procedentes, mas não foram levadas em conta pelo prefeito, que adotou uma postura unilateral, defendendo a sua assessora de forma feroz e desrespeitando a vice-prefeita", falou Régis.

As informações são da Folha de S.Paulo

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247