Violência: Maceió tem 9 assassinatos em 12 horas

As regiões que viraram alvo dos criminosos foram Jacintinho, Cidade Universitária, Tabuleiro do Martins, Benedito Bentes, Trapiche da Barra, Jatiúca e, na grande Maceió, a cidade de Satuba.  

Violência: Maceió tem 9 assassinatos em 12 horas
Violência: Maceió tem 9 assassinatos em 12 horas

Alagoas247 - O relatório do Centro Integrado de Operações da Defesa Social (Ciods) registrou nove assassinatos ocorridos nessa terça-feira (07), na grande Maceió. Todas as vítimas foram atingidas por arma de fogo e um dos crimes envolveu um duplo homicídio na Rua Nossa Senhora da Guia, próximo a um colégio no centro de Satuba. 

As vítimas foram identificadas como J.D.A., de 16 anos, R.C.S., 16, Chamerson Felipe da Silva, 18, Hylvertom Ferreira dos Santos, 18, um adolescente de 15 anos, Greick Anderson Fidélis dos Santos, 29, Marileide Hordeno dos Santos, 44, Elvis Bezerra da Silva, 30, e Sylderland de Morais Mendes, 24 anos. 

Conforme o balanço da Polícia Militar (PM), Greick e Marileide foram mortos com mais de seis tiros. O primeiro foi assassinado em via pública e a segunda, socorrida por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Hospital Geral do Estado (HGE), no Trapiche da Barra, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade. 

As regiões que viraram alvo dos criminosos foram Jacintinho, Cidade Universitária, Tabuleiro do Martins, Benedito Bentes, Trapiche da Barra, Jatiúca e Satuba. 

O relatório ainda contabiliza casos de lesão corporal, tráfico de entorpecente, posse irregular de arma de fogo, roubo de veículo e tentativa de homicídio.
Reaberto
O posto de saúde do conjunto Denisson Menezes, no Tabuleiro do Martins, reabriu na manhã desta quarta (08), mas os funcionários ainda continuam temerosos com a violência na região. A unidade foi fechada após o assassinato de Charmesson Felipe da Silva, 19 anos. 

O morador Claudemir Luiz Gomes confirmou à reabertura do posto, salientando que a comunidade não sai mais de casa e, quando sai, não pode transitar entre os conjuntos Denisson Menezes e Gama Lins, por determinação de traficantes rivais. "Somente mulheres e crianças passam pelo local e a ordem parte de líderes do tráfico. Infelizmente, a situação é esta e só tende a piorar".

Com gazetaweb.com

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247