Vitti anuncia que Alego terá ponto biométrico para deputados

Para garantir a legalidade das decisões tomadas pelo Parlamento e evitar questionamentos, o presidente da Assembleia Legislativa, José Vitti (PSDB), anunciou que implantará marcação de ponto exclusivamente biométrico para deputados, aceitando unicamente o registro de presença mediante registro de impressão digital; marcação de presença na Comissão Mista na última terça-feira (14) levantou suspeitas quanto ao atual método de controle de presença, que aceita tanto a biometria quanto a digitação de senha pessoal

vitti
vitti (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - Para garantir a legalidade das decisões tomadas pelo Parlamento e evitar questionamentos, o presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, José Vitti (PSDB), anunciou que implantará marcação de ponto exclusivamente biométrico para deputados, aceitando unicamente o registro de presença mediante registro de impressão digital.

Marcação de presença na Comissão Mista na última terça-feira (14) levantou suspeitas quanto ao atual método de controle de presença, que aceita tanto a biometria quanto a digitação de senha pessoal.

A presença do deputado Gustavo Sebba, líder do PSDB, foi anotada na Comissão Mista sem que o parlamentar estivesse no local.

“Tenho reunião na próxima segunda-feira para já organizar a troca das máquinas. Acredito ser essa a maneira mais segura e correta de proceder. O deputado vai marcar presença com o próprio dedo”, frisou Vitti.

A decisão de Vitti imediatamente foi elogiada pelos parlamentares, que entendem a medida como necessária para o bom andamento dos trabalhos da Casa Legislativa.

Os deputados estaduais Humberto Aidar (PT) e Santana Gomes (PSL) aprovaram a “decisão rápida” do presidente da AL de instalar ponto biométrico nos painéis de presença.

“Meus cumprimentos a Vossa Excelência. Não esperava outro comportamento, pelo que conheço da sua conduta, presidente”, afirmou Aidar.

Santana também elogiou a atitude de Vitti, afirmando que, além da instalação do ponto biométrica, é necessária a investigação urgente dos fatos para apurar responsabilidades e punir eventuais culpados.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247