Wellington cria Novas Unidades de Conservação Ambiental

O governador Wellington Dias (PT) assinou os Decretos de Criação das Novas Unidades de Conservação Ambiental do Estado do Piauí e a sanção da Lei Estadual que institui o Sistema Estadual de Unidades de Conservação; para ele, 'o Piauí tem tomado medidas responsáveis para preservar o seu ecossistema e assim poder planejar de forma correta o desenvolvimento, diferente de outros lugares do mundo que são desenvolvidos, mas que exterminaram suas áreas verdes e que sofrem ainda mais com as mudanças climáticas' 

O governador Wellington Dias (PT) assinou os Decretos de Criação das Novas Unidades de Conservação Ambiental do Estado do Piauí e a sanção da Lei Estadual que institui o Sistema Estadual de Unidades de Conservação; para ele, 'o Piauí tem tomado medidas responsáveis para preservar o seu ecossistema e assim poder planejar de forma correta o desenvolvimento, diferente de outros lugares do mundo que são desenvolvidos, mas que exterminaram suas áreas verdes e que sofrem ainda mais com as mudanças climáticas' 
O governador Wellington Dias (PT) assinou os Decretos de Criação das Novas Unidades de Conservação Ambiental do Estado do Piauí e a sanção da Lei Estadual que institui o Sistema Estadual de Unidades de Conservação; para ele, 'o Piauí tem tomado medidas responsáveis para preservar o seu ecossistema e assim poder planejar de forma correta o desenvolvimento, diferente de outros lugares do mundo que são desenvolvidos, mas que exterminaram suas áreas verdes e que sofrem ainda mais com as mudanças climáticas'  (Foto: Voney Malta)

Por Tamyres Rebeca - O governador Wellington Dias assinou os Decretos de Criação das Novas Unidades de Conservação Ambiental do Estado do Piauí e a sanção da Lei Estadual que institui o Sistema Estadual de Unidades de Conservação, nesta terça-feira (17), em solenidade realizada no Teatro 04 de Setembro, em Teresina. O evento que faz parte das atividades alusivas as comemorações pelos 195 anos de adesão do Piauí à Independência do Brasil, também contou com a Exposição "Novas UCs do Piauí", com fotos de expedições feitas dos fotógrafos Aureliano Muller, Margareth Leite, Juscelino Reis e Paulo Barros.

As Unidades de Conservação criadas por decreto são: Parque Estadual do Rangel, abrangendo parte dos municípios de Curimatá e Redenção do Gurguéia; Parque Estadual do Cânion do Rio Poti, situado no município de Buriti dos Montes; Área de Proteção Ambiental (APA) Nascentes do Rio Canindé, em terras situadas no município de Acauã; Área de Proteção Ambiental (APA) Nascentes do Rio Longá, em terras situadas no município de Alto Longá; Área de Proteção Ambiental (APA) Nascentes do Rio Uruçuí-Preto, em terras situadas nos municípios de Gilbués, Santa Filomena, Baixa Grande do Ribeiro, Bom Jesus e Monte Alegre do Piauí; Área de Ambiental (APA) Altos Cursos dos Rios Gurguéia e Uruçuí-Vermelho, em terras situadas nos municípios de São Gonçalo do Gurguéia, Barreiras do Piauí e Gilbués; e o enquadramento Parque Estadual Zoobotânico na categoria estabelecida na lei do SEUC/SNUC.

O secretário de Meio Ambiente de Recursos Hídricos, Ziza Carvalho, enfatizou a contribuição de novas unidades de conservação para a manutenção da diversidade biológica e dos recursos genéticos.

Para Dias o Piauí tem tomado medidas responsáveis para preservar o seu ecossistema e assim poder planejar de forma responsável o desenvolvimento, diferente de outros lugares do mundo que são desenvolvidos, mas que exterminaram suas áreas verdes e que sofrem ainda mais com as mudanças climáticas. “Queremos aqui, garantir a preservação e assegurar uma política de contenção do desmatamento e poder recuperar, por exemplo, as nascentes dos nossos rios. É possível ter desenvolvimento econômico, gerar emprego e renda preservando as riquezas e belezas naturais que Deus nos deu. Somos  a maior área nativa preservada fora da Amazônia, a quinta maior do Brasil ”, disse.

O governador citou que são diversos os programas que estão sendo realizados no Piauí na área ambiental e ressaltou o Programa Ativos Verdes do Piauí lançará em breve os primeiros créditos florestas de 120 mil hectares de florestas, o que corresponde há aproximadamente R$ 1 bilhão de reais. “É possível gerar renda com o sol, ventos, águas, turismo e também com o oxigênio gerado em nossas áreas de preservação, na forma de crédito compensatório ambiental. O Piauí será uma das poucas áreas verdes nativas tão bem preservadas”, destaca.

Em relação ao Turismo, Wellington Dias disse que é preciso fazer as pessoas do Brasil e do Mundo conhecerem as nossas riquezas naturais, por isso tem trabalhado em parceria com os municípios e também integrado a outros estados, no Fórum do Governadores, para estruturar essas áreas e citou como exemplo o Festival do Cânion do Poty que foi repaginado. “A ideia não é apenas um Festival é a criação de um plano decenal sobre o que a gente quer para aquela região. Estamos tratando de desenvolver o Serra Nordeste e fazer o Brasil conhecer essas áreas belíssimas. O Nordeste só é reconhecido pelas belas praias. Por isso, é importante este trabalho integrado e também exposições como esta que despertam o interesse de conhecer os locais. Por isso, vamos fazer o nosso dever de casa que é estruturar para a população nativa e também  para o visitante”, destaca o chefe do executivo piauiense.

O secretario de Meio Ambiente do Ceará, Arthur Bruno, presente no evento parabenizou o Piauí e disse que o Estado está dando exemplo para os demais estados do nordeste e para todo o mundo. “Queremos trabalhar juntos. Não temos nada o que competir se podemos somar”, finalizou.

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247