Wilder salva Aécio. Lúcia e Caiado votam contra

O senador Wilder Morais (PP) votou a favor da manutenção do mandato de Aécio Neves (PSDB-MG) e contra a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de afastar o tucano das funções parlamentares; Wilder foi o único goiano a se juntar à tropa de choque que salvou Aécio; tanto Lúcia Vânia (PSB), quanto Ronaldo Caiado (DEM) - que foi votar de tipoia e na cadeira de rodas, em função de uma suposta fratura no ombro causada por acidente com mula na sexta-feira - votaram a favor da vigência da decisão do Supremo

Wilder salva Aécio. Lúcia e Caiado votam contra
Wilder salva Aécio. Lúcia e Caiado votam contra (Foto: Geraldo Magela)

Goiás 247 - O senador Wilder Morais (PP) votou a favor da manutenção do mandato de Aécio Neves (PSDB-MG) e contra a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de afastar o tucano das funções parlamentares.

Aécio é suspeito de obstrução de Justiça e corrupção passiva. Em áudio gravado por Joesley Batista, da JBS, ele afirma ser a favor de medidas para frear a operação Lava Jato.

Wilder foi o único goiano a se juntar à tropa de choque que salvou Aécio. Tanto Lúcia Vânia (PSB), quanto Ronaldo Caiado (DEM) - que foi votar de tipoia e na cadeira de rodas, em função de uma suposta fratura no ombro causada por acidente com mula na sexta-feira - votaram a favor da vigência da decisão do Supremo, que além de afastar Aécio do Senado também previa recolhimento noturno e apreensão do seu passaporte.

A decisão do STF foi derrubada por 44 votos. Eram necessários 41.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247