Zaratini culpa mídia por queda de Dilma: "governo é massacrado"

Deputado federal do PT, Carlos Zarattini afirma que "existe uma ofensiva de interesses econômicos, na mídia, para fazer o governo mudar a sua política econômica, sempre propagando notícias pessimistas, e isso influencia a população"; "Acho que a maior causa da pequena queda na pesquisa é um noticiário violentamente pessimista contra o governo"; ressalta; na pesquisa Ibope/Estadão, divulgada na sexta-feira (22), Dilma, que  tinha 43% de aprovação em dezembro, agora, pontuou em 39%

Deputado federal do PT, Carlos Zarattini afirma que "existe uma ofensiva de interesses econômicos, na mídia, para fazer o governo mudar a sua política econômica, sempre propagando notícias pessimistas, e isso influencia a população"; "Acho que a maior causa da pequena queda na pesquisa é um noticiário violentamente pessimista contra o governo"; ressalta; na pesquisa Ibope/Estadão, divulgada na sexta-feira (22), Dilma, que  tinha 43% de aprovação em dezembro, agora, pontuou em 39%
Deputado federal do PT, Carlos Zarattini afirma que "existe uma ofensiva de interesses econômicos, na mídia, para fazer o governo mudar a sua política econômica, sempre propagando notícias pessimistas, e isso influencia a população"; "Acho que a maior causa da pequena queda na pesquisa é um noticiário violentamente pessimista contra o governo"; ressalta; na pesquisa Ibope/Estadão, divulgada na sexta-feira (22), Dilma, que  tinha 43% de aprovação em dezembro, agora, pontuou em 39% (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O deputado federal petista Carlos Zarattini (SP) culpou a mídia pela redução da popularidade da presidente Dilma Rousseff (PT) na pesquisa Ibope/Estadão, divulgada na sexta-feira (22). Dilma tinha 43% de aprovação em dezembro e, agora, reduziu para 39%. 

"Existe uma ofensiva de interesses econômicos, na mídia, para fazer o governo mudar a sua política econômica, sempre propagando notícias pessimistas. E isso influencia a população. Acho que a maior causa da pequena queda na pesquisa é um noticiário violentamente pessimista contra o governo, que acaba repercutindo no humor da população. É uma ofensiva de forças econômicas que querem mudar políticas do governo e se esforçam para ter um clima pessimista. O governo tem sido massacrado pela mídia", disse.

Para Zarattini, a queda na popularidade da presidente não deverá influenciar o resultado da eleição presidencial deste ano. "Estamos sempre atentos a todas as pesquisas. A Dilma e o PT têm uma ampla base de apoio na população trabalhadora, que não vem sofrendo desgaste, mas sim repercutindo nos índices de emprego e de distribuição de renda. Essa base é muito firme e garante as condições de disputarmos com condições de vitória", disse o deputado petista. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email