Zema, do Novo, tem 73% dos votos contra Anastasia

Pesquisa de intenção de votos realizada pelo Instituto Paraná divulgou nesta sexta-feira (12) números sobre a disputa ao Governo do Estado de Minas Gerais; se as eleições fossem hoje, Romeu Zema (Novo) venceria Antonio Anastasia (PSDB) com 73,6% dos votos válidos, contra 26,4% do tucano; a pesquisa ouviu 1.750 eleitores em 82 municípios mineiros nos dias 9 e 10

Zema, do Novo, tem 73% dos votos contra Anastasia
Zema, do Novo, tem 73% dos votos contra Anastasia
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Minas 247 - Pesquisa de intenção de votos realizada pelo Instituto Paraná divulgou nesta sexta-feira (12) números sobre a disputa ao Governo do Estado de Minas Gerais. Se as eleições fossem hoje, Romeu Zema (Novo) vence Antonio Anastasia (PSDB) com 73,6% dos votos válidos, contra 26,4% do tucano. A pesquisa ouviu 1.750 eleitores em 82 municípios mineiros nos dias 9 e 10, segundo informa o jornal Estado de Minas.

A pesquisa também aponta que 64,7% dos entrevistados responderam que votam em Zema, 23,1%, em Anastasia, 7% nulos ou brancos e 5,1% não sabem. Já no recorte por votos válidos – sem brancos, nulos e abstenções –, Zema tem 73,6% e Anastasia, 26,4%.

A pesquisa investigou o potencial eleitoral e a rejeição de cada candidato. No caso de Anastasia, 15,3% responderam que com certeza votariam nele, 30,2% disseram que escolher o tucano é uma possibilidade e 52,2%não votariam em nenhuma hipótese nele. As mesmas perguntas foram feitas sobre Zema, e 53,4% disseram votar nele com certeza, 25,4% admitem e 17,7% nunca.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email