Boff sobre Lava Jato: combateram a corrupção e se deixaram corromper

O teólogo Leonardo Boff posicionou-se a respeito da Operação Lava-Jato, que completa cinco anos neste domingo (17); "O pessoal da Lava-Jato é quase todo evangélico. Só em razão de sua fé,deveria ter consciência de que o mal nunca compensa.Deus não fica indiferente ao mal praticado. Um fósforo acesso vale mais que todas as trevas. Combateram a corrupção e se deixaram corromper. Desmoralizaram-se", disse

Boff sobre Lava Jato: combateram a corrupção e se deixaram corromper
Boff sobre Lava Jato: combateram a corrupção e se deixaram corromper (Foto: Eduardo Matysiak/Agência PT)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O teólogo Leonardo Boff posicionou-se a respeito da Operação Lava-Jato, que completa cinco anos neste domingo (17)."O pessoal da Lava-Jato é quase todo evangélico. Só em razão de sua fé, deveria ter consciência de que o mal nunca compensa. Deus não fica indiferente ao mal praticado. Um fósforo acesso vale mais que todas as trevas. Combateram a corrupção e se deixaram corromper. Desmoralizaram-se". 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247