Boff sobre Lava Jato: combateram a corrupção e se deixaram corromper

O teólogo Leonardo Boff posicionou-se a respeito da Operação Lava-Jato, que completa cinco anos neste domingo (17); "O pessoal da Lava-Jato é quase todo evangélico. Só em razão de sua fé,deveria ter consciência de que o mal nunca compensa.Deus não fica indiferente ao mal praticado. Um fósforo acesso vale mais que todas as trevas. Combateram a corrupção e se deixaram corromper. Desmoralizaram-se", disse

Boff sobre Lava Jato: combateram a corrupção e se deixaram corromper
Boff sobre Lava Jato: combateram a corrupção e se deixaram corromper (Foto: Eduardo Matysiak/Agência PT)

247 - O teólogo Leonardo Boff posicionou-se a respeito da Operação Lava-Jato, que completa cinco anos neste domingo (17)."O pessoal da Lava-Jato é quase todo evangélico. Só em razão de sua fé, deveria ter consciência de que o mal nunca compensa. Deus não fica indiferente ao mal praticado. Um fósforo acesso vale mais que todas as trevas. Combateram a corrupção e se deixaram corromper. Desmoralizaram-se". 

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247