Bolsonaro diz que família Marinho está há décadas "no topo da cadeia alimentar da corrupção"

Jair Bolsonaro atacou a família Marinho de maneira violenta mais uma vez, afirmando que os donos da Globo estão "no topo da cadeia alimentar da corrupção", num tweet logo às 6h33 desta segunda. O post ecoa reportagem da Record

www.brasil247.com - Jair Bolsonaro e irmãos Marinho
Jair Bolsonaro e irmãos Marinho (Foto: Carolina Antunes/PR | Reprodução)


247 - Jair Bolsonaro continua aprofundando sua guerra contra a família Marinho e, em aliança com O SBT e a TV Record, está em plena ofensiva, dando a entender que não renovará a concessão para a emissora em 2022. No início da manhã desta segunda-feira, Bolsonaro deu eco e radicalizou ainda mais os termos de uma reportagem da TV Record, que afirma ter  a família Marinho contratado os doleiros Dario Messer e Cláudio Barbosa para facilitar transações financeiras clandestinas milionárias dos donos da emissora.

"A família Marinho (Globo), por décadas, no topo da cadeia alimentar da corrupção", escreveu Bolsonaro em sua conta no Twitter.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

De acordo com a reportagem, Dario Messer, conhecido como o doleiro dos doleiros, entregava de duas a três vezes por mês quantias que oscilavam entre US$ 50.000 e US$ 300.000 em espécie para os Marinho.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email