Bolsonaro é cínico e produziu decreto com 'pegadinha', diz Tijolaço

O jornalista Fernando Brito, editor do blog Tijolaço, diz que o decreto que libera a posse de armas é cínico e que a liberação será em todo o país, não apenas em "áreas violentas"; ele diz que "haverá, automaticamente, 'efetiva necessidade' de possuir uma arma aquele que residir 'em áreas urbanas com elevados índices de violência, assim consideradas aquelas localizadas em unidades federativas com índices anuais de mais de dez homicídios por cem mil habitantes"; o que a imprensa não falou é que todos os Estados brasileiros atingem essa marca

Bolsonaro é cínico e produziu decreto com 'pegadinha', diz Tijolaço
Bolsonaro é cínico e produziu decreto com 'pegadinha', diz Tijolaço (Foto: Lula Marques)

247 - O jornalista Fernando Brito, editor do blog Tijolaço, diz que o decreto que libera a posse de armas é cínico e que a liberação será em todo o país, não apenas em "áreas violentas". Ele diz que "haverá, automaticamente, 'efetiva necessidade' de possuir uma arma aquele que residir 'em áreas urbanas com elevados índices de violência, assim consideradas aquelas localizadas em unidades federativas com índices anuais de mais de dez homicídios por cem mil habitantes". O que a imprensa não falou é que todos os Estados brasileiros atingem essa marca. 

Brito ainda reitera, portanto, que é "só uma 'pegadinha' para fingir que é decisão voltada apenas para áreas mais violentas. Não é, é o 'liberou geral'."

"Como não podiam abolir a exigência de 'efetiva necessidade' que está contida na lei, um artigo do decreto diz que "presume-se a veracidade dos fatos e das circunstâncias afirmadas na declaração de efetiva necessidade " de possuir arma. Ou seja, qualquer coisa vale. É com gente deste tipo, capaz desta má-fé, num assunto de tamanha seriedade, que se está lidando."

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247