Bolsonaro é grosseiro com jornalista e foge de coletiva após ser questionado sobre Merkel

Questionado sobre a declaração da chanceler alemã, Angela Merkel, que vê a situação do Brasil como "dramática" sob seu governo, Bolsonaro disse que não deixará se "contaminar" pela mídia; logo depois, deixou os jornalistas falando em Osaka, no Japão; assista

(Foto: Reprodução)

247 - O presidente Jair Bolsonaro voltou a abandonar uma coletiva de imprensa nesta quinta-feira 27, como geralmente faz quando se irrita - ou teme - alguma questão. O episódio aconteceu em Osaka, no Japão, onde a cúpula do G20 se reúne. 

Questionado sobre a declaração da chanceler alemã, Angela Merkel, que vê a situação do Brasil como "dramática" em relação ao meio ambiente e aos direitos humanos, Bolsonaro disse que não deixará se "contaminar" pela mídia, uma vez que não teria sido exatamente aquilo o que Merkel teria dito. O presidente também foi grosseiro com um dos repórteres (assista abaixo).

Mais cedo, Bolsonaro reagiu à declaração de Merkel dizendo que "eles [alemães] têm a aprender muito conosco" e que "o presidente do Brasil que está aqui não é como alguns anteriores que vieram aqui para serem advertidos por outros países".

A mais marcante fuga de uma entrevista com jornalsitas foi no Fórum Econômico Mundial, sua primeira viagem internacional, em Davos, na Suíça, onde deixou a mesa dos integrantes do governo brasileiro vazia, apenas com as plaquinhas e os nomes de quem deveria estar lá.

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247