'Bolsonaro pôs fogo na fervura do extremismo', diz Folha

O jornal Folha de S. Paulo fez mais um editorial com severas críticas a Jair Bolsonaro. Diz o texto: "o mandatário pôs fogo na fervura de movimentos extremistas que planejam manifestar-se no próximo dia 15", que ainda complementa: "talvez só o temor de um processo de impeachment possa deter a perigosa aventura"

(Foto: Marcos Corrêa/PR | Webysther Nunes)

247 - O jornal Folha de S. Paulo fez mais um editorial com severas críticas a Jair Bolsonaro. Diz o texto: "deram em nada as expectativas de que o presidente Jair Bolsonaro usaria o feriado para, em benefício do próprio governo, investir na distensão. O mandatário pôs fogo na fervura de movimentos extremistas que planejam manifestar-se no próximo dia 15."

O texto ainda destaca o caráter insultuoso do mandatário: "na tentativa de promover o ato, a escória do bolsonarismo difunde mensagens de ataque e insulto ao Congresso Nacional e de exaltação a oficiais militares, um apelo a sua intervenção. Trata-se de golpismo de extrema direita, francamente minoritário no país."

E relembra a crise com o Congresso: "os aloprados foram atiçados pelo ministro Augusto Heleno, que acusou congressistas de chantagem. A imagem do titular da Segurança Institucional, general da reserva, e o vitupério que endereçou ao Parlamento estampam um dos panfletos da manifestação."

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247.Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247