Boulos: a farsa da nova política não durou nem até a Páscoa

O coordenador do Movimento dos Trabalhadores sem Teto (MTST), Guilherme Boulos, denunciou nesta quinta-feira (18) a hipocrisia presente no atual governo; "O governo Bolsonaro apresentou uma lista de cargos em estatais e autarquias para distribuir entre os partidos. É o velho toma-lá-dá-cá pra tentar aprovar a Reforma da Previdência. A farsa da "nova política" não durou nem até a Páscoa...", disse

Boulos: a farsa da nova política não durou nem até a Páscoa
Boulos: a farsa da nova política não durou nem até a Páscoa
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O coordenador do Movimento dos Trabalhadores sem Teto (MTST), Guilherme Boulos, usou sua conta no Twitter para denunciar a hipocrisia presente no governo Bolsonaro. 

"O governo Bolsonaro apresentou uma lista de cargos em estatais e autarquias para distribuir entre os partidos. É o velho toma-lá-dá-cá pra tentar aprovar a Reforma da Previdência. A farsa da "nova política" não durou nem até a Páscoa...", disse. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247