Caio Coppola ataca o Congresso e editor do Intercept diz que ele tem cabeça de 1964

Leandro Demori relembrou vídeo publicado há seis dias por Coppola em que ele defendia o general Heleno por sua declaração contra o Congresso, dizendo que era apenas uma "constatação da natureza chantagista" dos políticos

Caio Coppola
Caio Coppola (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornalista do The Intercept Brasil Leandro Demori afirma que Caio Coppola, ex-Jovem Pan e agora na CNN, tem a cabeça em 1964. "Seis dias atrás, o porta-voz do general golpista estava no grupo de zap onde, pasmem, defendem golpe contra o país. Que surpresa um jovem com a cabeça em 64", escreveu Demori.

A mensagem relembrava um vídeo postado por Coppola no dia 20 de fevereiro em que ele defendia o general Augusto Heleno por seu "foda-se" contra o Congresso, quando gravado em uma conversa privada com Bolsonaro. No vídeo, Coppola diz que foi apenas uma "constatação da natureza chantagista" dos políticos.

Reportagem da jornalista Vera Magalhães desta quarta-feira 26 revelou que Caio Coppola fazia parte do grupo de WhatsApp intitulado 'mkt Bolsonaro', que trazia também o empresário Otavio Fakhoury, do site Crítica Nacional, que anunciou que iria financiar os protestos de 15 de março, e ainda um integrante do governo, o secretário Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa.

Veja o Twitter de Leandro Demori: 


O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247